Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/05/15 às 10h43 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Ação de combate à dengue é intensificada em quadras de Samambaia

30 profissionais visitarão residências em busca de possíveis focos do mosquito

BRASÍLIA (19/5/15) – Nesta terça-feira (19), uma equipe composta por 30 profissionais estarão envolvidos em uma ação de combate à dengue nas quadras 427 e 429 de Samambaia, área de referência do Centro de Saúde n° 03.

As medidas de controle foram intensificadas nessa localidade, em virtude do aumento de casos de dengue na área. Somente na quadra 427 foram registrados nove casos confirmados da doença. Participarão da ação três agentes comunitários, uma enfermeira e um técnico de enfermagem, da equipe de Estratégia de Saúde da Família nº 07 do Centro de Saúde n° 03 e 25 agentes de vigilância ambiental.

Os agentes visitarão todos os imóveis dessas duas quadras em busca de possíveis focos e, também, orientarão os moradores sobre as formas de prevenção e eliminação de depósitos dos mosquitos da dengue, bem como sobre tratamento de água parada.

O combate à dengue no Distrito Federal tem sido prioridade. Em Samambaia, o Grupo Executivo Intersetorial de Gestão do Plano Regional de Prevenção e Controle da Dengue – GEIPLANDENGUE tem se reunido regularmente com pactuação de várias ações na região administrativa. Além da participação da saúde, o grupo é composto por outros órgãos e segmentos de Samambaia.

“Embora a Regional tenha apresentado taxas que demonstram que a doença está sob controle, com redução do número de casos quando comparado a 2014, não podemos deixar de agir reforçando estratégias preventivas”, explica a coordenadora do GEIPLANDENGUE e diretora de Atenção Primária à Saúde de Samambaia, Alexandra Gouveia de Oliveira Miranda Moura.

De acordo com o último Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde, a região administrativa registrou de janeiro até o dia 04 de maio deste ano, 132 casos confirmados de dengue, sendo que no mesmo período do ano passado, foram 186 casos.