Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/05/19 às 15h07 - Atualizado em 16/05/19 às 15h19

Agentes de Vigilância Ambiental são capacitados para o combate ao Aedes

 

Primeira turma tem 42 profissionais

 

Teve início, nesta quinta-feira (16), o curso de capacitação dos agentes de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, realizado no Laboratório Central de Saúde Pública do DF (Lacen). A formação, que vai até segunda-feira (20), é destinada aos servidores envolvidos no controle do mosquito Aedes aegypti.

 

No primeiro momento, serão capacitados 42 agentes que desenvolvem atividades de monitoramento de pontos estratégicos e aplicação de UBV, conhecido popularmente como fumacê. Os demais servidores serão instruídos a partir de junho 2019.

 

“O objetivo é capacitá-los com relação aos cuidados básicos quando se usa produtos químicos. O curso será dividido em duas partes: a teórica e o trabalho em campo, com demonstração dos equipamentos, feita na segunda-feira”, explica o diretor de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, Petrônio da Silva Lopes, que é um dos gerentes do projeto.

 

O conteúdo programático conta com os seguintes temas: controle vetorial; as diretrizes básicas para o controle do Aedes; os métodos de controle, que incluem mecânico, biológico, legal e químico; equipamentos utilizados no controle vetorial; manutenção e guarda dos equipamentos; produtos usados no controle do Aedes; e procedimentos de segurança.

 

A carga horária da capacitação é de 20 horas, sendo 16 horas de exposição dialogada e 4 horas de atividades práticas.

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde

Fotos: Breno Esaki/Saúde-DF