Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/04/16 às 18h00 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Agricultores de Planaltina tiram dúvidas sobre câncer de pele

COMPARTILHAR

Evento  promovido pela Cerest encaminou os trabalhadores rurais com lesões malignas e pré-malignas para tratamento

BRASÍLIA (4/04/2016) –  Agricultores da área rural Santos Dumont, em Planaltina, participaram de uma ação de prevenção ao câncer de pele, promovida pelo Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador do Distrito Federal (Cerest/DF), através do Programa de Vigilância dos Agravos da Pele Relacionados ao Trabalho (Vigipele). O evento contou com cerca de 30 trabalhadores rurais.

A equipe do Vigipele ministrou palestra sobre os malefícios da exposição solar excessiva sem proteção adequada, tirou dúvidas acerca das medidas de proteção solar e, ao final, realizou triagem dentre os trabalhadores rurais presentes, com exame clínico e dermatoscópico, na busca de lesões malignas e pré-malignas da pele.

Os trabalhadores rurais identificados com lesões malignas e pré-malignas da pele foram direcionados para tratamento junto à equipe de Atenção Primária à Saúde local, com apoio técnico do Vigipele/Cerest-DF.

“As ações em Saúde do Trabalhador devem ocorrer de forma integrada com as equipes da Saúde da Família, com o objetivo de pactuar ações de vigilância das dermatoses ocupacionais e do câncer da pele relacionado ao trabalho”, destacou a coordenadora do Vigipele, Eliane Daher.

Os participantes do encontro ainda tiveram a oportunidade de assistir a uma palestra sobre agrotóxicos, ministrada pela servidora do Projeto de Intoxicação Exógena do Cerest-DF.

Estavam presentes durante a ação, técnicos do Cerest/DF, alunos do curso de medicina da Universidade de Brasília (UnB) – em programa de estágio supervisionado em Saúde do Trabalhador no Cerest/DF – e a equipe da Saúde da Família da área rural de Santos Dumont.