Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/04/17 às 19h00 - Atualizado em 30/10/18 às 15h17

Aplicativo coloca servidor em fila virtual no Hospital de Sobradinho

COMPARTILHAR

Iniciativa deixa o profissional menos tempo fora de sua atividade fim

BRASÍLIA (6/4/17) – Imagina precisar de um atendimento e esperar a sua vez numa fila virtual, sendo avisado quando faltar apenas duas pessoas à sua frente e, só assim, ir para o local onde será atendido. Isso já é realidade para os servidores da Secretaria de Saúde lotados na UPA e no Hospital Regional de Sobradinho (HRS), por meio de um aplicativo chamado Kankanguru.

“Fizemos uma pesquisa do nível de satisfação dos servidores atendidos no Núcleo de Gestão de Pessoas (NGP). Todos consideravam o atendimento bom ou ótimo, porém achavam que o tempo de espera deveria ser melhorado. Assim, começamos a buscar uma alternativa”, conta Kelly Lopes, do núcleo em Sobradinho.

Assim, conheceram o aplicativo kankanguru, que passou a ser utilizado na unidade nesta segunda-feira (3). “Estamos em fase de testes. Nos foi oferecido o uso totalmente gratuito. Quando entramos no aplicativo, passamos a divulgar para que os servidores baixassem no celular e começassem a usar”, conta a chefe do NGP, Cláudia Queiroz.

Desde segunda-feira (3), 133 pessoas foram atendidas por meio da fila virtual. “O aplicativo colabora com a produtividade do profissional, que não vai precisar ficar tanto tempo fora da sua função, esperando até 40 minutos em uma fila”, observa o cirurgião dentista Helbert Eustáquio. Ele usou o kankanguru nesta semana e diz ter demorado cerca de cinco minutos entre a inserção na fila e o atendimento no núcleo.

AGILIDADE – O principal objetivo do aplicativo é realmente este: reduzir o tempo que o servidor fica fora de sua atividade para resolver questões como férias, folha de ponto e abono.

O Núcleo de Gestão de Pessoas do Hospital de Sobradinho atende cerca de 160 servidores por dia. Segundo Cláudia Queiroz, o atendimento em si não demora muito, fica em torno de 15 minutos. O problema é a alta demanda, que aumenta significativamente o tempo de fila. “Já teve gente que ficou esperando na fila aqui na porta por até duas horas”, ressalta.

Supervisor de enfermagem do HRS, Victor Luiz Batista foi um dos que já perdeu bastante tempo na fila do NGP. “Já teve vez de eu ficar esperando uma hora. Com o aplicativo, acho que não passei nem dois minutos longe do meu setor”, comemora.

COMO FUNCIONA – O aplicativo Kankanguru é um sistema universal de filas. Ele reúne uma série de empresas privadas do DF, além da Administração Regional do Sudoeste/Octogonal, Universidade de Brasília e, agora, Hospital Regional de Sobradinho.
Para utilizar, é preciso baixar o aplicativo no celular, buscar o ícone do Hospital de Sobradinho e entrar na fila. O celular irá enviar uma notificação quando estiver chegando a vez.