Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/10/20 às 14h28 - Atualizado em 2/10/20 às 15h55

Atendimento do NTA da Rodoviária é considerado excelente por 91,5% dos usuários

Pesquisa foi realizada com 2.004 pessoas, entre maio e setembro deste ano

 

LEANDRO CIPRIANO

 

O atendimento oferecido no consultório do Núcleo de Testagem e Aconselhamento (NTA) da Rodoviária do Plano Piloto foi considerado excelente por 91,5% dos 2.004 usuários que frequentaram a unidade entre maio e setembro deste ano. O local é responsável por fazer testes de sangue para detectar HIV, sífilis, hepatites B e C e demais infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), além de prestar orientações à população.

 

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

O alto índice de aprovação do atendimento foi apresentado na pesquisa de satisfação idealizada pela assistente social do NTA, Jaqueline Marques. De acordo com a servidora, o levantamento veio da necessidade de mensurar a resposta dos usuários em relação aos serviços.

 

“Observei o serviço por dois meses e via e ouvia muitos elogios por parte dos usuários. Pensei que isso deveria ficar registrado de alguma forma. Então tive a ideia de fazer uma pesquisa de satisfação. É importante ter esse feedback dos usuários, para motivar ainda mais o trabalho da equipe”, afirmou a idealizadora do projeto.

 

Contudo, os resultados trazidos pela pesquisa superaram as expectativas dos profissionais que atuam no núcleo. Um dos pontos do levantamento confirmou que 99,6% dos usuários recomendariam os serviços do NTA aos seus colegas e parentes.

 

Para o chefe do NTA, Gilmar Decaria, essa resposta positiva é um reflexo do empenho dos profissionais de saúde na unidade. “Creio que tudo isso seja resultado da nossa dedicação e trabalho. Damos sempre o nosso máximo, faça chuva ou faça sol, e sempre temos retornos positivos dos usuários. E agora essa resposta foi mensurada em números”, disse.

 

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

A pesquisa incluiu, ao todo, nove perguntas direcionadas aos usuários. Entre elas: como avaliam o atendimento durante a coleta de sangue (92,1% responderam excelente); como foi o atendimento da recepção (88,1% consideraram excelente e 10,8% acharam bom); e como avaliam o tempo de espera de resultado dos exames, em que 58,7% consideraram excelente, 31,8% bom e 8,5% regular.

 

“Agora, utilizaremos a pesquisa como base para melhorarmos cada vez mais o atendimento e nos dedicarmos para manter a qualidade dos serviços”, ressalta o chefe do NTA.

 

Objetivos

 

De acordo com Jaqueline Marques, a pesquisa teve como objetivos principais: mensurar a qualidade do serviço; valorizar e reconhecer o trabalho dos servidores; promover a divulgação do NTA; aumentar a visibilidade da unidade; e possibilitar a melhoria do atendimento.

 

“A pesquisa também veio para dar ânimo a nossa equipe, que é muito comprometida. Quando eles recebem elogios, isso dá uma força a mais para continuarmos, além de trabalhar em cima das sugestões dos usuários para melhorar os serviços. Com isso, otimizamos mais ainda a dinâmica do trabalho”, acredita a servidora.

 

Público

 

Entre maio a setembro deste ano, o NTA realizou atendimentos para 3.202 pessoas. Desse total, 62,6% responderam ao questionário da pesquisa – o equivalente a 2.004 usuários. Desses, a maioria (68,3%) é do sexo masculino e 50% é da faixa etária entre 18 a 30 anos.

 

Para mais detalhes, confira a pesquisa completa aqui.

 

Funcionamento

 

O NTA funciona no mezanino da Rodoviária do Plano Piloto, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h. Se desejar, o paciente pode fazer o aconselhamento sem se identificar. Mesmo durante a pandemia do novo coronavírus a unidade continuou atendendo a população.

 

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

Atualmente a equipe é formada por 15 profissionais. Sendo dois médicos, um atendendo pacientes que necessitam fazer a Profilaxia Pós-Exposição, e uma que trabalha com a Saúde do Homem, tratando pacientes com HPV e demais ISTs. O restante da equipe é formado por enfermeiras, técnicas de enfermagem, assistente social e o chefe do núcleo.

 

Além do NTA, os testes para detectar HIV, sífilis, hepatites B e C e demais ISTs também podem ser feitos nas unidades básicas de saúde do DF, no Hospital Dia e na Policlínica de Taguatinga.

 

EDIÇÃO: JOHNNY BRAGA

REVISÃO: JULIANA SAMPAIO