Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/08/15 às 13h21 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Automassagem terá serviço ampliado e mais profissionais

Técnica é simples e de fácil aprendizado

BRASÍLIA (25/8/15) – No Distrito Federal a rede pública de saúde oferece à população 15 práticas integrativas. A Automassagem é uma delas e terá mais 40 profissionais capacitados para oferecer e ampliar o serviço nas regionais de Saúde. Para a rede pública, isso resultará em 240 horas a mais da atividade para a população.

A oficina está sendo realizada no Hospital Regional do Guará com os servidores Marcos Freire, Valéria Frota, ambos da Gerência de Práticas Integrativas em Saúde (GERPIS) e Elenilda Cruz, coordenadora da área no Guará. Além do conhecimento técnico, os profissionais têm aulas práticas. Os novos facilitadores, que irão para as regionais de Saúde, terão a liberação de sua chefia imediata para realizar a técnica por seis horas semanais, preconizadas pelo Plano Distrital de Práticas Integrativas em Saúde (PDIS).

A Automassagem vem ganhando adeptos por ser uma prática simples e que não depende de um lugar específico ou de um profissional para acontecer. Elenilda Cruz destaca que o praticante só precisa conhecer os pontos certos a serem tratados. “A prática é de fácil aprendizado e acompanhamos a diferença desse tipo de intervenção na vida do paciente. Ela tem o poder de trabalhar a saúde em seu aspecto físico e psíquico. Já tive depoimentos de pacientes que diminuíram sua medicação. Além de perceber a mudança comportamental de que ele é o principal responsável pela promoção de sua saúde. Então, ele vem e participa não só da automassagem, mas de outras ações do centro de Saúde”, declarou.

Uma das atribuições dos coordenadores nas regionais de Saúde é captar servidores para as práticas. Elenilda assegura que um dos pontos principais é ter perfil para a atividade. Vencida essa fase, o comprometimento é essencial. Hoje, Cruz trabalha para resgatar 20 servidores que realizaram cursos diversos para reorganizar o serviço. “Para esse curso, consegui quatro novos profissionais que tinham perfil e foram liberados pela sua chefia. Mas, quero recuperar os servidores que a regional já tem. Pois, não há uma obrigação legal sobre isso, mas sim uma sensibilização. Acredito que estamos no caminho certo”, destacou.

Conheça alguns dos benefícios da automassagem:

– Ativação da circulação sanguínea: melhora da oxigenação do corpo e da eliminação de impurezas;

– Diminuição das dores musculares: com a aplicação da automassagem ocorre o relaxamento da musculatura e a consequente redução das dores e dos sintomas do cansaço (fadiga muscular);

– Alívio das tensões emocionais: a prática diária da automassagem reduz as tensões ocasionadas pelos problemas diários.

PRÁTICAS INTEGRATIVAS – As Práticas Integrativas em Saúde foram oferecidas pelo SUS a partir de 2006, desde então, a SES/DF e as secretarias Municipais de Saúde devem promover e fomentar práticas alternativas de diagnósticos e terapêuticas, de comprovada base científica, entre outras, a homeopatia, acupuntura, fitoterapia e automassagem.