Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/10/21 às 16h21 - Atualizado em 29/10/21 às 16h20

Cadastrados no Programa de Órteses e Próteses recebem cadeiras de rodas

Foram entregues 100 cadeiras, de um lote de 1,2 mil adquiridas pela Secretaria Extraordinária da Pessoa com Deficiência

 

JURANA LOPES, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF | EDIÇÃO: JOHNNY BRAGA

 

O momento foi de muita alegria e felicidade para as 100 pessoas com deficiência cadastradas no programa Órteses e Próteses, da Secretaria de Saúde, que receberam nesta quinta-feira (28), uma cadeira de rodas. A solenidade de entrega ocorreu no Salão Branco do Palácio do Buriti. As cadeiras de rodas fazem parte de um lote de 1,2 mil cadeiras adquiridas pela Secretaria Extraordinária da Pessoa com Deficiência para reforçar o programa Órteses e Próteses.

 

Cadeira de rodas foram entregues aos pacientes cadastrados no programa da Secretaria de Saúde – Foto: Sandro Araujo/Agência Saúde-DF

O pequeno Isaque Santos, 4 anos, foi uma das crianças beneficiadas com a entrega. Ele possui paralisia cerebral desde o nascimento e faz acompanhamento no Hospital Sarah Kubitschek desde bebê. Seus pais, Wilson Francisco dos Santos e Elen dos Santos contam que aguardavam pela cadeira de rodas com muita expectativa.

 

“Estou muito feliz, porque demos entrada na solicitação pela cadeira de rodas no início do ano e já estamos recebemos, pensamos que iria demorar mais tempo. A cadeira de rodas chega em boa hora, porque o Isaque está crescendo, cada dia maior e mais pesado e tudo que íamos fazer era com ele no colo”, explicou Elen. Além disso, o equipamento ajudará nos meios de locomoção. “Vai facilitar na hora de sair com ele, levar para a escola, para as consultas e no tratamento, um benefício para ele e para nós”, completou o pai.

 

Isaque com a cadeira de rodas recebida.  – Foto: Sandro Araujo/Agência Saúde-DF

 

O investimento foi de R$ 1,5 milhão, proveniente de emenda parlamentar do deputado distrital Iolando (PSC). A compra foi realizada pela Secretaria Extraordinária da Pessoa com Deficiência, que comprou por uma ata replicada da Secretaria de Saúde, para serem entregues aos pacientes da Oficina Ortopédica.

 

 

De acordo com Camila Medeiros, gerente de Serviços de Saúde Funcional, esta é uma parceria firmada nesta gestão entre as secretarias de Saúde e a da Pessoa com Deficiência com o objetivo de ampliar o número de acesso ao Programa de Órteses e Próteses, pois muita gente ainda desconhece o programa.

 

Solenidade de entrega no Palácio do Buriti – Foto: Sandro Araujo/Agência Saúde-DF

“Além de cadeiras de rodas, entregamos calçados especiais, próteses mamárias, sutiãs especiais, bengalas, andadores, muletas, entre outros itens. Basta o paciente levar o encaminhamento médico com documentos pessoais e fazer o cadastro na Oficina Ortopédica, localizada na estação do metrô da 114 Sul, onde serão credenciados e aguardarão na fila para receber seus itens”, explicou.

 

Neste primeiro momento foram entregues 100 cadeiras de rodas, sendo elas de cinco modelos diferentes. No entanto, as outras 1.100 já estão compradas e serão entregues em breve. Segundo a gerente, hoje a fila de espera por uma cadeira de rodas é de 1.202 pessoas. “É uma fila bastante rotativa, pois diariamente surgem novos cadastros e quando chegam as compras feitas pela Secretaria de Saúde são entregues várias cadeiras de uma só vez”.

 

Foto: Sandro Araujo/Agência Saúde-DF

 

DF mais acessível

 

Na solenidade de entrega das cadeiras de rodas, o vice-governador do DF, Paco Britto destacou que é um dever do Estado garantir cidadania e o direito de ir e vir às pessoas com deficiência e que não quer ver no Distrito Federal ninguém se humilhando para conseguir suas cadeiras de rodas.

 

“Queremos dar dignidade às pessoas com deficiência, é nosso dever. Ninguém aqui precisa se humilhar para conseguir itens de sua necessidade. Nosso governo quer garantir acessibilidade para todos”, afirmou.

 

O deputado Iolando disse que seu objetivo é deixar a pessoa com deficiência totalmente assistida, garantindo não só cadeiras de roda, mas acessibilidade por meio de rampas, intérpretes, transporte com acessibilidade e políticas públicas voltadas e pensadas para a inclusão da pessoa com deficiência.

 

“É uma honra poder destinar uma emenda parlamentar para a aquisição dessas cadeiras, que ajudarão tantas pessoas. Quero parabenizar o trabalho do Programa de Órteses e Próteses, que beneficia tantas pessoas e é tão pouco visto pela sociedade”, destacou.

 

Momento ideal

 

Os pais do pequeno Bernardo Leal, de 5 anos, não escondiam a alegria em receber a cadeira de rodas para o filho. Ele possui má formação cerebral e atraso cognitivo. Por conta disso, faz acompanhamento com fisioterapia no Hospital da Criança de Brasília (HCB) desde bebê e como ainda não anda sozinho, a cadeira de rodas é uma necessidade.

 

 

Bernardo recebeu a cadeira de rodas – Foto: Sandro Araujo/Agência Saúde-DF

“Essa cadeira vai ajudar muito na locomoção. Eu não estava mais dando conta de carregá-lo no colo. No início a gente fica meio retraído em pedir ajuda, mas depois vemos a necessidade. A cadeira de rodas chegou na hora certa”, relatou Benilson Leal, pai de Bernardo. Ele e a esposa, Silvania dos Santos, cadastraram o filho no programa de Órteses e Próteses em agosto.

 

Quem também ficou feliz com a entrega da cadeira de rodas foi o estudante Washington Costa, de 14 anos, que recebeu uma cadeira de banho que facilitará em sua rotina. “Recebi a solicitação médica e fiz o cadastro no Programa de Órteses e Próteses há quatro meses. Essa cadeira vai facilitar na hora de tomar banho e me dar mais independência”, relatou.

 

Acesso ao Programa de Órteses e Próteses

 

O Secretário da Pessoa com Deficiência, Flávio Santos, fez questão de salientar que o acesso às cadeiras de rodas só é possível através do cadastro no Programa de Órteses e Próteses, da Secretaria de Saúde.

 

“Este é um programa fundamental para a pessoa com deficiência, pois garante instrumentos para a acessibilidade e mobilidade como órteses, próteses, cadeiras de rodas e outros equipamentos fundamentais. Com a ampliação do programa teremos compra de mais produtos e garantiremos acesso a mais pessoas. Nenhuma dessas cadeiras adquiridas serão entregues de forma aleatória”, informou Flávio.

 

Vale destacar que a Secretaria de Saúde entrega cadeiras de rodas diariamente e que o item faz parte da compra regular da Pasta, atendendo muito bem aos pacientes. A Oficina Ortopédica possui o Programa de Órtese e Prótese, que atende a toda população com algum tipo de deficiência do DF. São disponibilizadas bengalas, muletas, próteses mamárias para mulheres mastectomizadas, palmilhas, calçados especiais para pacientes com diabetes, próteses para amputados, dentre outros itens.

 

Balanço

 

Em 2019 a Oficina Ortopédica dispensou 5.222 produtos aos pacientes com deficiência. Em 2020, mesmo com a pandemia, a Oficina não parou, continuou entregando cadeiras de rodas, próteses, muletas e calçados. O total de produtos dispensados em 2020 foi de 3.328. Neste ano, já foram entregues 4.126 produtos (até dia 5/10) entre muletas, bengalas, cadeiras de rodas, próteses para amputados e próteses mamárias para as pacientes mastectomizadas.

 

Foto: Sandro Araujo/Agência Saúde-DF

Em 2021, já foram entregues 1.851 cadeiras de rodas pela Secretaria de Saúde, sendo: 635 cadeiras de adultos, 144 cadeiras para crianças, 976 cadeiras de banho para adultos e 96 cadeiras de banho para crianças. Em 2020 a Oficina Ortopédica entregou 2.115 cadeiras de rodas (594 de banho, 1.521 cadeiras para locomoção, sendo 107 motorizadas), totalizando um investimento da ordem de R$1.987.157,00.

 

Está em fase de finalização o processo de licitação na qual a Secretaria de Saúde está adquirindo 4.452 cadeiras de rodas, sendo 2.054 de banho e 2.398 cadeiras para locomoção – destas, 262 são motorizadas.