Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/10/19 às 17h37 - Atualizado em 29/10/19 às 17h37

Caixas d’água do Hospital do Gama são demolidas

COMPARTILHAR

Estruturas antigas foram derrubadas nesta terça-feira (29)

 

Depois de 20 anos desativadas, as duas caixas d’água do Hospital Regional do Gama (HRG) finalmente foram demolidas, na tarde desta terça-feira (29). As estruturas de mais de 50 anos foram derrubadas após o trabalho conjunto de agentes de vários órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF), coordenados pela direção da unidade.

 

A demolição foi um passo importante para melhorar o abastecimento e a qualidade da água no HRG. No local das antigas estruturas, será instalado um reservatório mais moderno e prático, fácil de limpar e de ser desmontado, com capacidade para 80 mil litros. Assim que estiver em funcionamento, a terceira caixa d’água do hospital será desativada e demolida.

 

“É importante destacar que todo esse serviço foi feito apenas por meio do contrato de manutenção predial de emergência, pelo qual vários reparos estão em andamento no hospital”, explicou o superintendente da Região de Saúde Sul, Alan Ulisses.

 

Para o serviço, a Secretaria de Saúde contou com o apoio da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), Companhia Energética de Brasília (CEB), Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Departamento de Trânsito (Detran) e das secretarias de Cidades e de Obras.

 

MANUTENÇÕES – Além da troca dos reservatórios, as próximas intervenções previstas no HRG são a construção de um heliponto para pousos das aeronaves de resgate, substituição do piso dos corredores e reparos no Pronto-socorro.

 

Até o momento, o HRG já apresentou melhorias em sua estrutura, após as manutenções prediais iniciadas em agosto. Entre elas, a troca de telhas, a limpeza de seis quilômetros de rede de esgoto e as revitalizações nas duas enfermarias, na Radiologia e no laboratório da unidade.

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde

Fotos: Divulgação/Saúde-DF