Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/10/21 às 12h14 - Atualizado em 18/10/21 às 23h35

Campanha de multivacinação

Vacinas salvam vidas. E você não vai querer deixar seu filho com o cartão de vacina incompleto, vai?

 

Por isso é importante levar as crianças de zero a menores de 15 anos até o ponto de vacinação de rotina mais próximo para atualizar a caderneta de vacinação. Chegando na unidade, o profissional de saúde irá verificar se tem alguma vacina do calendário básico em falta. Se houver, o imunizante poderá ser aplicado na hora.

 

Do bebê ao idoso, há vários tipos de vacinas para prevenção de diversas doenças, independentemente da faixa etária. A maior parte dessas vacinas é aplicada na infância e faz parte do calendário básico de vacinação preconizado pelo Ministério da Saúde. Apesar de haver oferta de imunizantes durante todo o ano nas unidades básicas de saúde do Distrito Federal, a procura pela proteção gerada a partir da vacinação está baixa na capital federal. Veja a cobertura vacinal atual:

 

 

 

Como uma forma de reforçar a importância de se vacinar, começou a Campanha Nacional de Multivacinação para que esse público tenha em dia a caderneta de vacinação e se proteja de várias doenças. Vacinas em dia, saúde em primeiro lugar.

 

Confira aqui a lista com os 111 locais de vacinação da campanha.

 

 

Vacinar é proteger

 

A cobertura vacinal no DF dessas vacinas está distante da meta de alcançar 80% do público-alvo para as vacinas contra o HPV e meningocócica C e meningocócica ACWY em adolescentes; 90% para as vacinas BCG e Rotavírus; e 95% para as demais vacinas indicadas na rotina do Calendário Nacional de Vacinação, inclusive a meningocócica C em crianças.

 

A única vacina que atingiu a meta foi a BCG, que previne a tuberculose. Desde 2020, o imunizante é disponibilizado nas maternidades dos hospitais regionais e na Casa de Parto.

 

Saiba mais sobre diversas doenças preveníveis: