Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/01/14 às 19h42 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Campanha de vacinação contra HPV amplia abrangência do público-alvo

COMPARTILHAR

Campanha do DF no ano passado é modelo para o Brasil


O Ministério da Saúde (MS) e a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) lançaram nesta quarta-feira (22), no auditório do MS, a campanha de vacinação contra a Papilomavírus humano (HPV), ligada ao Programa Nacional de Imunização (PNI). Em 2014 meninas entre 11 e 13 anos receberão, gratuitamente, doses da vacina usada na prevenção do câncer de colo do útero nos Centros de Saúde e nas escolas públicas e particulares do Distrito Federal. Em 2015 a faixa etária será de 9 a 13 anos.

Segundo o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a campanha nacional, que é baseada no modelo criado pela SES/DF em 2013, deverá ser ligada à educação nos estados e municípios. “Após a primeira dose, que será disponibilizada nos Centros de Saúde, a segunda deverá ser na escola, local presente no dia-a-dia das meninas”, diz.

Padilha explica que a importância da primeira dose ser nos Centros de Saúde é o aproveitamento para exames que nem a pré-adolescente e nem a mãe fariam em outra circunstância. “A ideia é proporcionar a elas a oportunidade de realizar outros exames, como o Papanicolau”, disse.

Segundo o secretario de Saúde, Rafael Barbosa, a ampliação da faixa etária da vacina garante que mais meninas tenham a proteção à doença. “Em 2014 queremos vacinar pelo menos 80% das meninas nessa faixa etária no DF e atualizar o calendário de vacinas das que ainda não receberam a primeira dose. No próximo ano, vamos vacinar meninas entre 9 e 13 anos, idade que favorece maior intensidade de anticorpos”, explica.

Este ano quem não quiser receber a vacina terá que assinar um termo de recusa, deixando claro que recebeu a informação sobre a importância da campanha.

Por Lucas Carvalho, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9682-9226