Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/09/19 às 15h52 - Atualizado em 30/09/19 às 10h54

CAPS do Itapoã realiza ação de prevenção ao suicídio

COMPARTILHAR

 

Ação educativa estimula o autoconhecimento e o autocontrole

 

 

O Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD) do Itapuã realizou, nesta quinta-feira (26), uma roda de conversas sobre o tema Valorização da vida, em alusão ao Setembro Amarelo, mês da valorização da vida e de prevenção ao suicídio.

 

A roda de conversas contou com a participação de voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV) visando a atender aos pacientes com maior grau de risco. Os voluntários e a equipe de acolhimento do Caps AD do Itapuã falaram sobre a dependência química, estratégias de prevenção à recaída, estimulando o autoconhecimento, autoconfiança e autocontrole, além de realizar técnicas de meditação, respiração e relaxamento.

 

O objetivo da ação foi conscientizar os pacientes sobre a prevenção do suicídio, um problema grave e de saúde pública no país e que pode ser evitado.

 

“Esse tipo de ação é muito importante, pois visa a atender àqueles com maior grau de risco, como nossos pacientes. Tivemos a participação efetiva dos usuários e a oportunidade de fortalecer o debate sobre um assunto delicado e forte, trabalhando-o de forma leve e estimulando o público a valorizar cada dia vivido”, ressaltou a diretora de Atenção Secundária, Jane Carvalho Franklin.

 

Durante todo o mês de setembro foram realizados vários eventos nas regiões de saúde do DF, incluindo palestras, rodas de conversas, workshops, desfiles e oficinas. “É de grande importância a Campanha do Setembro Amarelo, pois o suicídio tem causado um enorme impacto na sociedade. O adoecimento mental ainda é um tabu e precisa ser debatido”, destacou a técnica em Enfermagem do Caps AD do Itapuã, Cibele Queiroz.

 

Nivania Ramos, da Agência Saúde