Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/11/12 às 20h11 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Carreta da Mulher já realizou 750 exames em Samambaia

COMPARTILHAR

Atendimento na cidade continua até dia 7 de dezembro

Na primeira semana em Samambaia, a Unidade Móvel da Mulher realizou aproximadamente 750 exames. Estacionada ao lado da Administração Regional, desde o dia 19 já foram feitas cerca de 250 mamografias, 250 ecografias e 250 preventivos ginecológicos. Estima-se que até o final da ação, daqui a duas semanas, sejam realizados mais de dois mil procedimentos em Samambaia.

Para o coordenador geral de Saúde de Samambaia, Manoel Solange Fontes Teles, essa primeira semana já apresentou resultados satisfatórios na comunidade. “Essa oferta maior de serviço de excelência em saúde está proporcionando grande benefício à população feminina. As pessoas estão se manifestando altamente favoráveis à presença da carreta e tem elogiado muito a qualidade dos serviços prestados”, destaca.

A gari Joveniana Arara de Souza, 54 anos, aguardava ansiosa para fazer  exames de mamografia, ecografia transvaginal e  preventivo. “Estava muito ansiosa para chegar esse dia. Falei da carreta também para as minhas vizinhas. Minha chefe inclusive me liberou para eu vir aqui. É muito importante fazer esses exames”, conclui.

Já para quem havia terminado de realizar os exames, a agilidade nos consultórios foi destaque. “Foi rápido. Gostei do atendimento. Fiz ecografia transvaginal e mamografia. Desejo que essas carretas visitem todas as cidades. São os exames que as mulheres mais precisam, que evitaria muitas mortes por câncer”, reconhece.

Para realizar os exames, é necessário levar documento de identidade, CPF e cartão do SUS, que pode também ser feito no local com o RG e o CPF. Os exames de mamografia podem ser realizados por mulheres a partir de 40 anos e não precisa de solicitação médica; o preventivo, por mulheres que já tenham tido relações sexuais. As ecografias (tireóide, vias urinárias, abdômen total e superior, transvaginal, obstétrica, mamária e pélvica) necessitam do pedido médico.

A equipe que presta atendimento no local é composta por um médico clínico, dois médicos radiologistas, enfermeiros, técnicos de radiologia e agentes comunitários de saúde.

A Unidade Móvel continua em Samambaia até o dia 7 de dezembro, de segunda à sexta-feira, das 7 às 17h. São distribuídas 50 senhas por exame diariamente, sempre às 7h, totalizando 150 procedimentos por dia.

Antes de Samambaia, a Unidade Móvel Saúde da Mulher realizou 23.739 mil exames. A unidade foi lançada em março e já percorreu Ceilândia (Condomínio Pôr do Sol), Planaltina (Núcleo Rural Taquara), Cidade Estrutural, Paranoá (Itapoã), Sobradinho (Nova Colina), São Sebastião, Areal, Riacho Fundo II, Recanto das Emas, Planaltina, Ceilândia (Sol Nascente), Santa Maria, Gama e Brazlândia.

Iêda Oliveira