Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/11/13 às 18h59 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Em Brazlândia mães aprendem a fazer massagem em recém-nascidos

COMPARTILHAR

Shantala para bebês a partir de um mês de vida

Ao som de música suave, acomodados em colchonetes no chão, higienicamente forrados, mães e seus bebês imitam os movimentos executados por uma profissional de saúde em uma boneca. A Shantala é uma modalidade oferecida pelas Práticas Integrativas de Saúde, no Centro de Saúde n.1 de Brazlândia.

“A presença do pai e irmãos é incomum, mas é muito bem vinda porque os benefícios tornam-se muito maiores para toda a família” diz a facilitadora Eurislene Amaral.

A Shantala é uma massagem para bebês trazida da Índia pelo médico francês Frederick Leboyer. O princípio dessa prática é que a criança precisa ser tocada e acariciada tanto quanto precisa ser alimentada, agasalhada e higienizada. “O bebê que chora apesar de bem alimentado, confortável, sequinho e sem dor pode estar dizendo simplesmente que precisa de contato físico porque precisa de ser amado, tocado, acarinhado e seguro”, orienta o folder educativo que as mães recebem no primeiro contato com o método.

A massagem tem objetivo de normalizar possíveis alterações digestivas, musculares, circulatórias e do sistema nervoso. Produz um profundo bem estar emocional, diminui o medo, ansiedade, irritação, angústia e traz tranquilidade.

Como se inscrever: Todos os bebês que são atendidos desde a primeira consulta no Programa de Crescimento e Desenvolvimento do Centro de Saúde, são apresentados à facilitadora da Shantala. As mães participam de uma palestra onde são informadas sobre as vantagens do método. Na primeira demonstração e em todas as sessões, um boneco faz o papel de paciente e os diversos “toques” são executados pelas próprias mães. As famílias que se interessam são agendadas e passam a fazer parte do Programa.

A prática da Shantala previne e alivia a temida cólica que os bebês costumam apresentar, que é a causa de estresse para eles e para a família. A massagem também ajuda no desenvolvimento neuro-psicomotor, na formação da autoimagem positiva da criança, favorece e fortalece os vínculos afetivos, estimula a atenção, cria momentos prazerosos no relacionamento familiar, além de ajudar a reconhecer precocemente qualquer alteração que a criança possa vir a apresentar.

Outras Práticas Integrativas de Saúde (PIS): Em todas as unidades de Saúde de Brazlândia é possível encontrar alguma modalidade de PIS. Os exercícios são realizados em tendas brancas instaladas permanentemente nas unidades e os “facilitadores” são aptos a orientar e tirar dúvidas a respeito de todas elas. Automassagem, Redução do Estresse, Musicoterapia, Lian Gong, e a própria Shantala, que é a Massagem Para Bebês.

Dez momentos da Shantala: Utilizando óleo vegetal (pode ser de girassol e opcionalmente aromatizar com essência) aquecer as mãos por fricção. Iniciar massageando suavemente o peito, depois os braços, mãos, pernas, pés, costas. Já sem o óleo, massagear o rosto e finalmente, banhar a criança.

Benefícios:
Melhora o relacionamento e fortalece o vínculo afetivo, proporciona auto-confiança e bem-estar, potencializa o sistema imunológico, alivia e previne gases, cólicas e prisão de ventre, auxilia no crescimento físico e fortalece o ganho de peso, minimiza o estresse na fase da dentição, acostuma a criança a desenvolver atenção e cuidado com o próprio corpo.

Contra-indicações: Não se pratica massagem em caso de a criança apresentar diarreia, febre, erupções cutâneas, infecções, até três dias após aplicação de medicação injetável, e no caso de a própria criança não aceitar. –

Por Sheila Perru, da Agência Saúde DF
Atendimento à Imprensa
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226