Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/03/16 às 19h41 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Centro de Saúde 3 de Ceilândia disponibiliza aulas de artes marciais

COMPARTILHAR

Iniciativa faz parte do projeto Resgatando Vidas por meio do Karatê

BRASÍLIA (2/3/16) – O Centro de Saúde N° 3 de Ceilândia (CSC) tem oferecido, às quartas e sextas-feiras, aulas de karatê, das 9h às 11h, para as crianças e adultos, na QNM 15, Lote D, Área Especial.

A iniciativa faz parte do projeto Resgatando Vidas por meio do Karatê. Ele traz moradores de rua e pessoas que não têm como pagarem uma prática esportiva em uma academia para dentro da unidade de saúde, esclarece o professor de Karatê, Juarez Coelho de Resende.

Para o chefe de Enfermagem do CSC 3, Leomar Lopes dos Santos, essa atividade tem como objetivo promover a prevenção e promoção da qualidade de vida melhorando e reduzindo os índices de obesidades na infância e adulta.

“Oferecemos junto ao Karatê o apoio e acompanhamento da nutricionista. As crianças em situação de rua poderão participar das aulas. Também incentivamos as crianças que frequentam escolas, pois só poderão participar das aulas de Karatê aquelas que forem assíduas”, informa Leomar Santos.

Outros benefícios que as artes marciais desenvolvem aos que praticam são: concentração, disciplina, flexibilidade, força, equilíbrio e bem-estar relata o professor.

PROJETO – O projeto “Regatando Vidas” é conhecido pelos moradores de Ceilândia. Há mais de cinco anos vem sendo oferecido atividades nos Centros de Saúde 7 e 11 pelo professor Faixa Preta, 3º Dan, Juarez Rezende, há 36 anos na prática desse esporte.

Atualmente, o CSC N°7 tem 40 alunos e o CSC N° 11 com 75. Para participar das aulas os interessados deverão contribuir com 1 kg de alimento não perecível com exceção de sal, para serem distribuídos a entidades carentes.