Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/08/15 às 14h13 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Cerest promove “II Caravana do Trabalho Seguro”

A ação tem como objetivo avaliar as condições da saúde dos trabalhadores

BRASÍLIA (5/8/15) – O Centro Distrital de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), da Secretaria de Saúde do DF, realizará nesta quinta-feira (6), a “II Caravana do Trabalho Seguro”. O evento será no Setor de Oficinas Sul (SOF Sul), no estacionamento atrás do Casa Park, das 9h às 15h.

A ação tem como objetivo avaliar as condições da saúde dos trabalhadores que atuam no SOF Sul e as condições do seu ambiente de trabalho. O evento contará com a participação da Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) da Subsecretaria de Vigilância á Saúde; do Serviço Social da Indústria da Construção Civil (Seconci/DF); Instituto Nacional de Seguro Social (INSS/DF); Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT 10); Ministério Público do Trabalho e do Centro de Saúde nº 02 do Guará.

Durante o evento serão realizadas atividades de investigação de agravos relacionados ao trabalho, como problemas cardíacos, de pele e por exposição a produtos químicos, além de aferição de pressão arterial, testes de glicemia e colesterol, atendimento odontológico, vacinação e teste de sífilis e Hepatite C.

Os órgãos participantes também contarão com stands para informações trabalhistas, onde também haverá emissão de carteiras de trabalho; orientações sobre aposentadoria; esclarecimentos sobre direitos e cidadania; palestra e apresentação de grupo de teatro de educação em saúde ambiental, com destaque para dengue.

“A Caravana do Trabalho Seguro acontece sempre em parceria entre a Secretaria de Saúde do DF com outros órgãos. Montamos uma grande tenda onde estarão disponíveis os stands dos órgãos com atividades, palestras e esclarecimentos aos trabalhadores. Essa ação objetiva a conscientização dos empregadores e trabalhadores sobre os riscos no manuseio de máquinas e equipamentos, a importância da prevenção de acidentes de trabalho e doenças relacionadas ao trabalho e suas implicações físicas e jurídicas no caso de dano à saúde do trabalhador”, destacou a chefe do Núcleo de Populações Vulneráveis (Cerest/DF), Luciana Gomes.