Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/10/21 às 16h30 - Atualizado em 22/10/21 às 16h54

Cinco regiões recebem a campanha antirrábica neste sábado (23)

Vacina protege cães e gatos contra o vírus da raiva; confira os locais

 

JOHNNY BRAGA | REVISÃO: JULIANA SAMPAIO | DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

Neste sábado (23), a Secretaria de Saúde vai disponibilizar a vacina contra a raiva em 39 pontos que funcionarão em cinco regiões administrativas: Gama, Fercal, Riacho Fundo I, Santa Maria e Sol Nascente/Pôr do Sol. Os locais onde os pets serão atendidos funcionarão em horários distintos a depender da programação de cada cidade.

 

Vacina antirrábica – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

Podem ser vacinados cães e gatos saudáveis acima de 3 meses de idade. Caso o animal receba a vacina pela primeira vez, ele deverá ser vacinado novamente após 30 dias. A proteção contra a raiva é importante, pois é uma doença infecciosa de origem viral capaz de levar as vítimas a óbito em praticamente 100% dos casos. A doença acomete todas as espécies de mamíferos, inclusive, seres humanos.

 

É importante destacar que a raiva é a única doença infecciosa de origem viral que pode gerar uma encefalite aguda. O único caso de raiva humana, no Distrito Federal, foi registrado em 1978. Já o último caso diagnosticado em cães foi em 2000 e, em gatos, no ano de 2001. O vírus rábico circula no DF em quirópteros, nos bovinos, equídeos e outros animais.

 

O vírus da raiva é encontrado na saliva de animais infectados e é transmitido principalmente por meio de mordeduras e, eventualmente, pela arranhadura e lambedura de mucosas ou pele lesionada.

 

Com a campanha anual de vacinação contra a doença mantém-se, no curto prazo, uma parcela significativa da população imune ao vírus. As campanhas foram iniciadas com a criação do Programa Nacional de Profilaxia da Raiva (PNPR) em 1973.

 

Veja onde levar seu pet para ser vacinado: