Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/08/17 às 12h07 - Atualizado em 30/10/18 às 15h18

Cirurgias da Unidade de Trauma do Paranoá serão transferidas para outras unidades

Remanejamento é consequência de decisão tomada pelo Conselho Regional de Medicina

BRASÍLIA (17/8/17) – Como consequência de decisão tomada pelo Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF), a Secretaria de Saúde informa que os serviços cirúrgicos da Unidade de Trauma realizados no Hospital da Região Leste (antigo Hospital Regional do Paranoá) serão temporariamente transferidos para outras unidades.

A decisão do CRM-DF baseou-se na carência de médicos anestesiologistas, um problema que afeta não só o Hospital da Região Leste mas toda a rede pública de saúde. As tentativas de solucionar o problema têm se frustrado porque as vagas que foram abertas em concursos anterioresnão foram preenchidas. Hoje, o Hospital da Região Leste possui 14 anestesiologistas e precisaria de, pelo menos, 28. Um novo concurso está sendo implementado, mas ele estará concluído no início de 2018.

Durante as últimas semanas, a Secretaria de Saúde realizou diversas tratativas com o CRM, argumentando, embora reconhecendo os problemas decorrentes do déficit de profissionais, sobre os possíveis prejuízos para a população da interrupção do atendimento cirúrgico no Hospital da Região Leste. Prevaleceu, porém, a decisão do conselho.

Assim, no sentido de garantir, dentro das dificuldades impostas pela decisão e pela realidade, o melhor atendimento à população, a Secretaria de Saúde está avaliando que serviços, diante da decisão, poderão deixar de ser cumpridos. Medidas jurídicas também estão sendo estudadas para evitar novos prejuízos no atendimento à população. Como solução temporária, as demandas cirúrgicas do Hospital da Região Leste serão redirecionadas da seguinte maneira:

– O Hospital da Região Leste continuará fazendo o atendimento cirúrgico dos casos de ginecologia e obstetrícia
– Os atendimentos cirúrgicos de ortopedia serão transferidos para o Hospital Regional de Planaltina
– Os atendimentos de cirurgia geral serão transferidos para o Hospital de Sobradinho
– Os casos de cirurgia de alto risco de obstetrícia e os pacientes antes encaminhados pela UPA de São Sebastião serão transferidos para o Hospital Universitário de Brasília.

A pasta esclarece, ainda, que o pronto-socorro do Hospital da Região Leste continurá atendendo as especialidades de pediatria, ginecologia e obstetrícia, bem como clínica médica.