Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/11/13 às 11h16 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Saúde do DF realiza I Congresso de Hospitais de Ensino do País

COMPARTILHAR

Temas como sistema de saúde, ciência e tecnologia serão debatidos

Nos dias 28 a 30 de novembro será realizado o I Congresso de Hospitais de Ensino da SES/DF no auditório do Hospital Regional da Asa Norte. O Objetivo é debater o diferencial dessas unidades com relação às demais. Atualmente, o DF conta com quatro: Hospital de Base do Distrito Federal, Hospital Regional da Asa Norte, Hospital Materno Infantil de Brasília e Hospital Regional de Sobradinho.

Segundo o subsecretário de Atenção à Saúde, Roberto Bittencourt, para ser um o hospital ensino a unidade precisa estar apta a formar profissionais de saúde, realizar pesquisas científicas, fomentar a atenção à saúde oferecida e promover a integração dos servidores do SUS e a gestão do hospital.

“Esse Congresso é o primeiro no Brasil, é uma iniciativa inédita no DF e busca reunir os quatro hospitais de ensino para discutir e debater qual o diferencial que os qualificaram para serem hospitais de ensino. E a importância de alinhar nas instituições com os pilares principais: a Assistência à Saúde, a Gestão e o Desenvolvimento de Pesquisa dos hospitais”, ressalta Roberto Bittencourt.

Para o diretor do HBDF, Julival Ribeiro a certificação é um incentivo aos avanços dos serviços para o usuário. “A associação desses pilares para certificação como Hospital de Ensino é de fundamental importância para o Hospital de Base e para a rede pública. Influi diretamente na melhoria no atendimento ao usuário da saúde” destaca.

Além do debate dos qualificadores e perfis dos hospitais de ensino, pesquisas serão demonstradas e realizadas pelos profissionais das unidades. No congresso, serão apresentadas 16 pesquisas importantes.Além disso, outro ponto a ser debatido é a gestão dos hospitais de ensino.

“No Hospital da Asa Norte temos residências em várias áreas como Nutrição, Enfermagem, e nas áreas médicas, além do envolvimento da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (FEPCS) nos processos de ensino e pesquisas. Com isso, buscamos nos comprometer na multiplicação do conhecimento. E isso vai sendo revertido para a comunidade do DF”, afirma Fernando Pontes, Diretor do HRAN.

Candidatos

Outros cinco hospitais da rede são candidatos a certificação: Hospital Regional de Taguatinga, Hospital regional do Gama, Hospital Regional de Ceilândia, Hospital Regional do Paranoá e Hospital Regional de Santa Maria. A SES tem ainda como parceiro o Hospital Universitário de Brasília – HUB que também é certificado.

Legislação

O programa de certificação é regulado pela Portaria Interministerial MEC/MS nº 2400 de 02 de outubro de 2007, que estabelece os requisitos que um hospital deve preencher para ser considerado hospital de ensino, a partir de quatro dimensões: atenção à saúde, ensino, ciência e tecnologia e gestão.

O programa de reestruturação dos hospitais de ensino representa um forte aliado para a qualificação dos hospitais de ensino, uma vez, que exige o cumprimento dos critérios pré-estabelecidos.

Por Alessandra Franco, da Agência Saúde DF
Atendimento à Imprensa
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226