Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/10/13 às 12h11 - Atualizado em 30/10/18 às 15h08

GDF realizará corrida contra o câncer de mama

COMPARTILHAR

Campanha tem como foco o diagnóstico precoce e tratamento

Dando continuidade ao Outubro Rosa, campanha de prevenção ao câncer de mama, foi lançada, nesta quinta (17), a Corrida da Mulher. O ato de abertura ocorreu no Salão Nobre do Palácio do Buriti e contou com a presença de representantes das secretarias de Saúde, da Mulher, Cultura, Esporte e Publicidade Institucional.

O principal objetivo é dar visibilidade à campanha, que tem como foco diagnosticar precocemente o câncer de mama e trata-lo da melhor forma. No evento também estiveram presentes representantes do Ministério do Esporte e iniciativa privada.

A gerente de câncer da Secretaria de Saúde, Cristina Scandiuzzi, compôs a mesa de debates, juntamente com a secretária da Mulher e o secretário adjunto de Esporte, Célio René.  A Dra. Cristina destacou a importância do diagnóstico precoce. “A detecção  antecipada é, de fato, o que salva a mulher do câncer”, afirma.

Ainda segundo ela, de cada mil exames de mamografia realizados, cinco vidas são salvas. “A importância do exame está justamente nessa estatística”, completa.

Para a secretaria da Mulher, Olgamir Amancia, atribuir a corrida como sendo oficial no calendários de evento é dar visibilidade a um assunto que está relacionado à feminilidade da mulher. “Uma mulher sem o seio sofre muito. Queremos incluir esse evento no calendário oficial de corridas para que as pessoas comprem essa causa também”, afirma.

Corrida

A corrida está marcada para o dia 27, às 9h, no Eixão do Lazer. Para participar da corrida basta se inscrever gratuitamente no site www.corredorderua.gov.br  a partir das 8h desta sexta (18). Os participantes terão direito a kit com camiseta e garrafinha de água e o vencedor será premiado com medalha no final.

Os percursos serão de 5km e 10km. Das mil vagas, metade é reservada para mulheres. Os candidatos deverão doar alimentos não perecíveis e produtos de higiene pessoal, como sabonete, absorvente, escova e pasta de dente. Uma equipe estará posicionada em frente ao Banco Central para receber o material.