Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/02/15 às 10h06 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Cuidado com o golpe “boa noite Cinderela” e estupro por conhecidos

faixa carnaval 2015-01

Casos aumentam durante as festas de carnaval

BRASÍLIA (13/2/15) – A Secretaria de Saúde (SES/DF) alerta para o golpe “Boa Noite Cinderela”, situação que aumenta os casos de estupro, principalmente por conhecidos, durante as comemorações de carnaval. Os índices de violência sexual e abuso no uso de drogas tendem a aumentar neste período.

A Assistente Social do Programa Violeta, que atende vítimas de violência no Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB), Elizabeth Maulaz, sugere que a população fique atenta às bebidas oferecidas por estranhos e até mesmo de conhecidos. “É importante não descuidar do copo de bebida que estiver utilizando, além de sempre andar acompanhado com alguém de confiança”, avisa Elizabeth.

Segundo os dados estatísticos do programa, são atendidos em média dez pacientes por mês e em janeiro deste ano, 50% dos casos registrados foram de estupros por conhecido. “As pessoas nunca acham que isso pode acontecer com elas, ainda mais a violência praticada por um conhecido, mas é importante estar atento para não cair no golpe”, comenta Elizabeth.

De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, no Brasil a cada hora, seis pessoas são vítimas de estupro. Dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação da SES-DF (Sinan) informam que durante o ano passado foram notificados 663 casos de estupro no DF.

A assistente social explica que em caso de estupro, a pessoa deve procurar a unidade de pronto-socorro do hospital da rede pública de saúde mais próxima de sua residência para receber os medicamentos que previnem as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), Aids e gravidez decorrente de estupro. É igualmente importante ir à uma Delegacia em até 48 horas, para que seja feita coleta de vestígios do agressor e o exame toxicológico.

“Quanto mais rápido a pessoa for atendida mais eficaz será o tratamento. O exame toxicológico que é feito no IML também é importante para constatar o golpe “Boa Noite Cinderela” que em muitos casos tem sido praticado por pessoas conhecidas”, conclui.

Saiba mais:
O golpe “Boa Noite Cinderela” pode se referir a um crime que consiste em drogar uma vítima para roubá-la ou estuprá-la. Em comum, essas drogas apresentam um efeito depressor sobre o sistema nervoso central, principalmente quando combinadas com o álcool. O efeito pode durar horas e causar risco de morte por parada cardiorrespiratória ou outros efeitos de intoxicação.