Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/07/17 às 17h04 - Atualizado em 30/10/18 às 15h18

DF inicia projeto-piloto para cuidar da saúde do homem

Iniciativa começará pelo Saúde da Família na área rural do Paranoá

BRASÍLIA (26/7/17) – Nesta quinta-feira (26), a realização do Seminário Construção e Planejamento de Linhas de Cuidado em Saúde do Homem, promovido no Hospital da Região Leste (HRL), marcou o início de um projeto-piloto que começará pela área rural do Paranoá para fortalecer a assistência à saúde masculina. Além da Secretaria de Saúde, estão envolvidos na iniciativa o Ministério da Saúde e o Hospital Universitário de Brasília (HUB).

A ideia é criar uma linha de cuidados que, posteriormente, será usada como base para estabelecer políticas públicas nacionais nessa área. Após essa implementação, que deve durar um ano e meio, será assinado um documento entre as três instituições com o passo a passo do processo.

“A saúde do homem é uma linha de cuidados muitas vezes negligenciada. Por isso, é importante construir ações para fortalecer essa área. Há muitas doenças que acometem mais o sexo masculino e, normalmente, os homens representam uma parcela importante das vítimas de violência”, destacou o secretário de Saúde, Humberto Fonseca. “Temos a previsão de fazer um mutirão de cirurgias de vasectomia. Atualmente, cerca de 140 homens aguardam por esse procedimento nessa localidade da rede”, completa.

Fonseca explicou que a ação começará com a atuação de cinco equipes da Estratégia Saúde da Família, que visitarão as áreas rurais Jardim II, Cariru, PAD-DF, Café Sem Troco e Capão Seco.

Porém, a linha de cuidados abrangerá também atenção secundária no HRL, onde o usuário terá atendimento com urologista e, se necessário, será direcionado ao HUB para complementar o tratamento. A ideia é que os gestores dos serviços pactuem fluxos para facilitar o acesso do usuário às unidades e serviços aos quais necessita.

“Vamos iniciar as atividade com a criação de linhas de cuidado da próstata e, no decorrer da implementação do processo, ampliar para o cuidado integral masculino”, explicou Fonseca. “Essa parceria é muito importante porque precisamos qualificar a atenção em cuidado aos homens. O Ministério da Saúde está à disposição”, disse o representante do Ministério da Saúde Francisco Norberto.

O seminário, que termina ainda hoje, aborda temas como a Política nacional de atenção integral à saúde do homem e Protocolo clínico e diretrizes terapêuticas no atendimento à saúde do homem, entre outros. Neste ano, a cada dois meses, serão realizadas três oficinas. A primeira ocorrerá nesta quinta-feira (27), com o tema Oficina da Saúde do Homem da Região Leste no HRL, das 8h às 17h.

Também participaram do evento o secretário adjunto Daniel Seabra, a representante da reitoria da UnB, Elza Noronha, o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, Kleber Morais, além de outras autoridades.

Confira aqui as fotos.