Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/07/17 às 18h54 - Atualizado em 30/10/18 às 15h17

DF levará 12 propostas à Conferência Nacional de Saúde das Mulheres

COMPARTILHAR

Orientações poderão ser diretrizes de alcance nacional

BRASÍLIA (3/7/17) – Com aproximadamente 230 participantes, sendo 80% mulheres, a primeira Conferência de Saúde das Mulheres do Distrito Federal foi finalizada nesse sábado (1°). Durante os dois dias de evento, foram selecionadas 24 propostas, do total de 84 levantadas nas sete conferências regionais, que servirão como base para as diretrizes da Política de Atenção Integral à Saúde das Mulheres.

Das escolhidas, 12 serão aplicadas em políticas públicas da capital e as restantes, apresentadas na etapa nacional, prevista para ser realizada de 17 a 20 de agosto.

Nessa etapa da conferência também separou as 36 delegadas nacionais entre as 220 distritais eleitas anteriormente. “Essas pessoas são representantes das usuárias do SUS, gestoras da Secretaria de Saúde e trabalhadoras da área”, explicou a chefe da Assessoria de Gestão Participativa de Relações Institucionais da rede, Danielle Cavalcante. Ela esclarece que as selecionadas irão à fase nacional com o objetivo de defender as propostas e torná-las políticas públicas.

“Essas 24 orientações correspondem às demandas e necessidades das usuárias da rede pública de saúde e também o que elas esperam na construção das políticas”, conclui.
Nos encontros, foram discutidos assuntos voltados aos três temas principais: o papel do Estado no desenvolvimento socioeconômico e ambiental e seus reflexos; o mundo do trabalho e suas consequências; e vulnerabilidades e equidades na vida e saúde das mulheres.