Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/05/18 às 16h13 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Dia Mundial sem Tabaco terá ações na Feira dos Importados

Em torno de 10,7% da população do DF é fumante – Foto: Matheus Oliveira

 

Para celebrar o Dia Mundial Sem Tabaco, comemorado na quinta-feira (31), a Secretaria de Saúde promove nesta quarta-feira (30), na Feira dos Importados, das 10h às 16h, atividades voltadas à conscientização da população quanto aos prejuízos provocados pelo tabagismo.

 

Na ocasião, a equipe técnica do Programa de Controle de Tabagismo da pasta realizará ações para chamar a atenção do público circulante, com testes de dependência a nicotina, bioimpedância, verificação da pressão arterial, medida da circunferência abdominal, orientação nutricional, teste da capacidade respiratória, dosagem de monóxido de carbono e encaminhamentos às unidades de atenção ao tabagista da rede.

 

As atividades oferecidas pela Secretaria de Saúde contam com a parceria do Serviço Social do Comércio (Sesc), da Sociedade de Cardiologia-DF, do Sindicato dos Médicos do DF e do Instituto Oncovida.

 

TEMA – O tema da campanha desse ano, escolhido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), chama a atenção para as doenças cardiovasculares, que matam mais pessoas do que qualquer outra causa de morte em todo o mundo.

 

O uso do tabaco e a exposição ao fumo passivo contribuem com aproximadamente 12% de todas as mortes por doenças cardíacas. O tabagismo é a segunda principal causa de doenças cardiovasculares, depois da hipertensão arterial.

 

O Ministério da Saúde e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ratificam a posição da OMS e apontam que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil.

 

Em 2013, cerca de 6,1 milhões de pessoas, de 18 anos ou mais, tiveram diagnóstico médico de alguma doença do coração.

 

Essas enfermidades ainda são as que geram os maiores custos com relação a internações hospitalares.

 

De 2004 a 2014, as doenças cardiovasculares foram responsáveis por 3.493.459 óbitos, 29% do total no período.

 

TRATAMENTO – A Secretaria de Saúde oferece tratamento para as pessoas que desejam parar de fumar, com apoio comportamental e medicamentoso em 48 unidades de saúde.

 

Segundo a responsável técnica distrital do Programa de Controle de Tabagismo, Bianca Rodrigues Silva, o DF tem uma população fumante em torno de 10,7%. No início desse século, o índice era 38%.

 

“Em 2017, foram registrados 2.157 atendimentos, dos quais 1.034 pacientes deixaram de fumar, um índice de sucesso de 48%”, informa Rodrigues.

 

Durante os atendimentos, os usuários são orientados a buscar as unidades mais próximas de sua residência ou trabalho.

 

Em relação aos medicamentos necessários ao tratamento, a secretaria disponibiliza adesivos de nicotina de 21 mg, 14 mg ou 7 mg; goma de mascar de nicotina 2 mg e cloridrato de bupropiona de 150 mg.

 

SERVIÇO

Dia Mundial Sem Trabalho

Dia: 30/5/18

Horário: 10h às 16h

Local: Feira dos Importados, corredor da ala central, entre os conjuntos A e D, entrada pelo portão 1.

 

TEXTO: Leandro Cipriano, da Agência Saúde