Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/10/16 às 20h00 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Em dois meses, mutirão de cirurgias ortopédicas já operou 89 pacientes

COMPARTILHAR

Ação começou em agosto deste ano e está prevista para terminar somente em dezembro

BRASÍLIA (04/10/16) – Iniciado em agosto, o mutirão de cirurgias ortopédicas, realizado pela Secretária de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) em seis unidades de saúde, já operou 89 pacientes, regulados, que possuíam problemas no ombro ou joelho. Deste total, 58% das operações foram de joelho e 42% de ombro.

Dentre as unidades que fazem parte da ação, o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) é o que mais realizou cirurgias, 63% do total. Atrás do HBDF, estão Paranoá 19%, Sobradinho com 10%, Taguatinga com 6%, e por último, o Gama com 2%.

EQUIPE – Estão participando desta ação, 20 médicos cirurgiões, dos Hospitais Regionais do Paranoá (HRP), de Sobradinho (HRS), do Gama (HRG), de Taguatinga (HRT) de Ceilândia (HRC) e do Hospital de Base.

A iniciativa é resultado do trabalho de uma comissão que inclui representantes do gabinete da Secretaria, diretores e chefes de serviços dos hospitais, da Coordenação de Ortopedia entre outros. Foi este grupo que elaborou por exemplo, o projeto que prevê a carga horária, e as horas extras, da equipe médica que participa do mutirão.