Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/03/21 às 18h23 - Atualizado em 25/03/21 às 18h35

Encerrada primeira etapa do agendamento de vacinação para profissionais de saúde

Em quase três horas, todas as 28 mil vagas foram preenchidas

JOHNNY BRAGA, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

Entre 7h45 e 10h39 da manhã desta quinta-feira (25), a Secretaria de Saúde agendou 28 mil atendimentos para vacinar os profissionais de saúde no Distrito Federal. A vacinação para esse público estimado em 98.531 profissionais foi dividida em oito etapas. A primeira, que começa nesta sexta-feira (26), atendendo 28,42% desse grupo, vai até o dia 30 de março, contemplando 28 mil pessoas. Para quem não conseguiu agendar, a pasta informa que novas vagas serão abertas nos próximos dias.

 

Nova fase da vacinação para profissionais de saúde começa nesta sexta-feira (26) – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

A segunda etapa atingirá 11,58% dos profissionais. As fases seguintes, até a oitava, atingirão 10%  cada uma. As datas das fases seguintes serão definidas e divulgadas após o recebimento de mais doses encaminhadas pelo Ministério da Saúde.

 

Para quem já agendou, é necessário levar ao local de vacinação um documento de identificação com foto, registro profissional, comprovante de agendamento e o cartão de vacina. Caso não tenha o cartão de vacina, um novo será feito no local agendado.

 

Vacinação no DF

A campanha de vacinação contra a Covid-19 no Distrito Federal atende, neste momento, idosos com 69 anos ou mais e, a partir desta sexta-feira (26), passa a atender, também, profissionais de saúde do Instituto Médico Legal (IML), e outros com registro nos seguintes conselhos e entidades representativas: biologia, nutrição, educação física, fisioterapia e terapia ocupacional, fonoaudiologia, psicologia, técnico de radiologia, enfermagem, medicina, odontologia, biomedicina, veterinária, serviço social, farmácia e agentes funerários.

 

O início do agendamento no site vacina.saude.df.gov.br estava previsto para as 9h, porém, durante a madrugada e início da manhã, o site estava com milhares de acessos simultâneos de pessoas tentando agendar. Com o fluxo em alta, o agendamento foi liberado uma hora e 15  minutos antes do horário previsto.

 

Entre 8h e 9h, o site registrava cerca de 16 mil acessos simultâneos para agendamento. Em média, foram 9,3 mil agendamentos por hora ou 161 por minuto. A vacinação para esse público será disponibilizada para os profissionais cadastrados nos conselhos de classe. O número inicial recebido pela Secretaria de Saúde era de 145.265 nomes com registros profissionais. Após análise dos dados, a pasta identificou que 46.734 já haviam sido vacinados.

 

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: