Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/10/19 às 14h38 - Atualizado em 31/10/19 às 14h53

Enfermeira do Hmib lança manual sobre o preparo de medicação injetável

COMPARTILHAR

Divulgação acontece após cinco anos de estudos sobre o tema

 

A direção do Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) lançou, nesta quarta-feira (30), o Manual de orientações para preparo e administração de medicamentos injetáveis: Pacientes adultos e pediátricos, de autoria da enfermeira Raquel Sousa de Moraes e colaboradores.

 

Raquel é enfermeira da UTI Pediátrica do Hmib há alguns anos e observou, durante as longas jornadas de trabalho, que era muito comum, por exemplo, que os equipos de soro ficassem obstruídos, interrompendo a medicação ministrada ao paciente para que a troca fosse efetuada, chegando a comprometer até os tratamentos que davam suporte à vida.

 

Na sua inquietude habitual, a Raquel procurou materiais que pudessem esclarecer as dúvidas sobre a diluição e a manipulação dos medicamentos. Encontrou muita informação, mas, para sua surpresa, as recomendações eram as mais variadas e divergentes possíveis. E ela foi estudar, ler livros, conversar com colegas.

 

Por mais de cinco anos, ela se debruçou na elaboração desse manual com a finalidade de oferecer soluções capazes de minimizar os riscos para quem manipula, prepara e administra a prescrição de todas as receitas passadas pelos médicos. O material será uma ferramenta esclarecedora e de apoio à equipe de Enfermagem.

 

“É com muito orgulho e alegria que parabenizo a Raquel e toda a equipe da Enfermagem da UTI Pediátrica do Hmib pelo lançamento de tão importante material que, com certeza, será de enorme valia para os profissionais que se dedicam a esta missão. Estou orgulhoso por ver que a preocupação em melhor atender os pacientes fez nascer este manual que, em breve, estará disponível para toda a Secretaria de Saúde do Distrito Federal e, por que não, para todos que fizerem questão de trabalhar com mais qualidade e com menos chances de cometer erros”, ponderou o diretor do Hmib, Rodolfo Alves Paulo de Souza.

 

A gerente de Enfermagem do Hmib, a enfermeira Cristiane Solé, considerou: “Hoje é um dia de grandes celebrações, comemorações e agradecimentos. Este manual já chegou nos proporcionando diminuição nos índices de infecção, minimizou consideravelmente o descarte de materiais e já foram realizadas mudanças físicas no espaço de manipulação dos medicamentos dentro da UTI. Ele fará a diferença onde for adotado, com toda a certeza”, enfatizou.

 

Raquel Sousa de Moraes explicou o quanto se sente feliz com a conclusão desse trabalho, que recebeu sua dedicação durante cinco anos.

 

“É um prazer ver o manual concluído. Mas tenho certeza de que o processo ainda continua. Estou animada com os desdobramentos que virão. Entrego a vocês este instrumento para que seja bem utilizado. A ajuda e o suporte dos colegas foram de extrema importância para que esse dia pudesse acontecer”, conclui.

 

 

Janiara Lara, da Agência Saúde

Fotos: Divulgação/Saúde-DF