Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/02/14 às 15h33 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Equipe multiprofissional do HMIB reduz número de intervenções durante o parto

COMPARTILHAR

O trabalho faz parte da Rede Cegonha e da humanização do serviço

O Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB) tem se destacado no serviço de atenção especializada as gestantes, parturientes e puérperas de risco habitual. Desde setembro do ano passado, o número de incisões realizadas para ampliar o canal de parto foram reduzidas de 15% para 2,5%.

Segundo a coordenadora da Regional Sul, Roselle Bugarin Steenhower, o sucesso é resultado do atendimento multiprofissional formado por equipes de médicos, psicólogos e das enfermeiras obstetras que há seis meses foram deslocadas exclusivamente para a atenção ao parto. A estratégia faz parte da Rede Cegonha que é composta por um conjunto de medidas para garantir a todas as brasileiras o atendimento adequado, seguro e humanizado durante o pré-natal, parto e pós-parto.

“A mudança do modelo assistencial com o atendimento multiprofissional e humanizado ao parto, baseado em evidencia cientificas de boas praticas, ganhou destaque com a introdução da enfermeira obstetra como parte integrante da equipe de assistência ao parto. Conhecimentos compartilhados por profissionais de diversas áreas enriquecem a residência médica e de enfermagem obstétrica, além de potencializar o parto fisiológico.Toda essa mudança tem o objetivo comum de melhor atender nossa população, binômio mãe – filho”, relata a coordenadora.

No Centro Obstétrico do HMIB, quatro enfermeiras obstetras atuam todos os dias da semana no período diurno das 7h às 19h, ao lado dos outros profissionais. Em breve, a escala de trabalho dessas enfermeiras será ampliada para 24 horas, com as chegada de mais duas servidoras.

“É um sonho podermos trabalhar diretamente com o parto e os recém-nascidos. Além do nascimento dos bebês, também estamos envolvidas na introdução do contato pele a pele da mãe com o filho. Quando o atendimento é realizado por vários profissionais as mães se sentem mais acolhidas e ficam confiantes na hora do parto”, comenta a enfermeira obstetra Lissandra Martins.

A equipe multiprofissional do hospital também realiza serviços voltados ao atendimento da gestante e seus familiares, dentre eles, a assistência emocional ao parto, inserção do pai no processo do nascimento do filho e os ensinamentos sobre a família e a importância do acompanhante na evolução do trabalho de parto e fortalecimento do vinculo familiar.

Ludmila Mendonça, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226