Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/02/21 às 15h25 - Atualizado em 2/02/21 às 19h36

Escola Superior de Ciências da Saúde forma 55 novos enfermeiros

COMPARTILHAR

Solenidade foi marcada pela defesa do Sistema Único de Saúde

 

GABRIELA VOGADO, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

Formatura dos novos profissionais de saúde – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

A Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs) promoveu, na noite desta segunda-feira (1º/2), a solenidade de formatura da 9ª turma de enfermagem, composta por 55 estudantes. A instituição faz parte do complexo da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), vinculada à Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

 

Para a recém-formada em enfermagem, Luiza Stheffane de Paiva Corá, formar-se durante a pandemia torna este momento ainda mais especial. “Tivemos que nos readaptar e reinventar diante da nova situação. Hoje sabemos, na prática, da importância da ciência e do quanto uma equipe unida e alinhada faz a diferença na vida do paciente”.

 

Os formandos fizeram uma homenagem e deram o nome da professora Elisângela Andrade Silva Motta à turma. Durante toda a cerimônia, estudantes e componentes da mesa fizeram questão de mencionar a defesa e seriedade do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Cerimônia ocorreu respeitando as normas de segurança na pandemia – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

Presente na formatura, Elisângela relembrou a missão do curso de enfermagem da Escs: formar enfermeiros com excelência, para produção do cuidado, educação pesquisa e promoção da saúde, em consonância com políticas públicas do setor. A professora pediu, também, que os novos enfermeiros “sigam as normas e as rotinas, mas lutem pelo que é ideal ao seu paciente. Busquem soluções criativas, respeitando as diferenças, de forma ética e não excludente. Em especial, na defesa do SUS”.

 

A oradora da turma, Lígia Maria Aguiar, representou os novos enfermeiros num discurso que reforça a importância da chegada dos novos profissionais ao sistema de saúde. “Essa trajetória nos ofereceu experiências singulares, que vão muito além do conhecimento técnico e científico. Nos fez desenvolver maturidade e capacidade de fazer valer a importância da nossa profissão”, pontuou.

 

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, também presente na formatura, falou um pouco sobre a sua trajetória. “Aprendi a primar pela qualidade do serviço público, para que as pessoas pudessem receber uma saúde de qualidade e eficiente”, contou. Por fim, o gestor da Saúde do Distrito Federal falou da importância da formação de profissionais comprometidos com suas áreas de atuação.

 

Na comemoração, os formandos respeitaram o distanciamento social – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

Acompanharam o presidente na composição da mesa solene, o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, a diretora da Escs, Marta Davi Rocha de Moura, o diretor executivo da Escs, professor Carlos Humberto Spezia, a coordenadora do curso de enfermagem, Olívia Souza Silva, o paraninfo, Moisés Wesley de Macedo Pereira, o patrono da 9ª turma do curso de enfermagem, Dr. Rinaldo de Souza Neves, a professora homenageada, Elisângela Andrade Silva Motta e a secretária de assuntos acadêmicos da Escs, Carla Torres Romanoli.

 

Veja mais fotos:

 

Escola Superior de Ciências da Saúde forma 55 novos enfermeiros