Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/08/13 às 21h55 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Escolas de Avós reúnem idosos em Planaltina, Gama e Santa Maria

COMPARTILHAR

Cerca de 250 idosos participaram neste sábado (24) de atividades e exames oferecidos pela Secretaria de Saúde em Planaltina, Gama e Santa Maria. Das 9h às 13h, foram realizadas ações dentro do Programa Escolas de Avós, que busca oferecer aos idosos atividades que possam contribuir para o crescimento cognitivo, bem-estar e promoção da saúde.

Em Planaltina, a ação ocorreu no CEP Saúde, ao lado do Hospital Regional de Planaltina (HRP) e reuniu 100 idosos. No local, as avós e avôs puderam participar de oficinas de artesanato, receberam orientações sobre alimentação saudável e prevenção de doenças na terceira idade, aferiram a pressão arterial e a glicemia, cortaram cabelos e fizeram automassagem.

Também foram oferecidas aulas de dança de salão, dança circular e apresentação de três dançarinos de forró. “Tivermos uma participação muito boa dos idosos da cidade”, ressalta a coordenadora do Programa de Atenção Integral à Saúde do Idoso do HRP, Ana Lúcia de Sousa Miranda.

O encontro do Gama foi no Centro Olímpico do Setor Central. No local, a turma da terceira idade assistiu palestra, aferiu a pressão arterial e a glicemia capilar, além de receber folhetos educativos (caderneta e estatuto do idoso, hábitos saudáveis) e participaram de capoterapia (capoeira para idosos).

Já em Santa Maria a ação foi na QE 3, em Santa Maria Norte e o o pessoal da terceira idade também teve oportunidade de verificar a glicemia e a pressão arterial, participar da triagem do idoso para identificação de fragilidades, da oficina de prevenção de quedas e das práticas integrativas de saúde como, automassagem e alongamento.

Segundo a gerente de Políticas e Programas da Regional, Viviane Tobias Albuquerque, duas pessoas foram diagnosticadas com diabetes. “A ação foi muito proveitosa, apesar de o número de idosos ter sido menor que o esperado”. Vinte idosos participaram do encontro.

População crescente

A Escola de Avós é um programa do Núcleo do Idoso (NUSI) promovido pela Subsecretaria de Atenção Primária à Saúde da Secretaria de Saúde, cujo objetivo é oferecer aos idosos atividades que possam contribuir para o crescimento cognitivo, bem-estar e promoção da saúde.

A população de idosos do Distrito Federal está estimada em 203 mil pessoas. De acordo com a chefe do Núcleo, a reumatologista Helenice Teixeira Gonçalves, o programa Escola de Avós consiste na abertura de um espaço público em cada uma das 15 regionais do DF, onde são desenvolvidas atividades de socialização e cidadania do idoso.

“Devido ao aumento da expectativa de vida e do crescimento da população idosa, é importante que tenhamos ações para promover o envelhecimento ativo e saudável com autonomia e independência”, diz a reumatologista.

As próximas localidades a receber a Escola de Avós serão Taguatinga, no dia 28, no Taguaparque e Brazlândia, no dia 31, no Centro Olímpico da cidade.

Celi Gomes