Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/02/14 às 10h41 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Exames anuais ajudam na prevenção de doenças

COMPARTILHAR

 “Check-up” pode ser realizado na rede pública do DF

Com a chegada do novo ano as pessoas tendem a criar metas a serem alcançadas para terem uma melhor qualidade de vida, como por exemplo, o início de atividades de atividades físicas e a prática de uma alimentação mais saudável. Mas muitas esquecem que o mais importante é ter pelo menos uma consulta médica para avaliar a saúde do seu corpo.

Conforme o clínico-geral do Hospital do Gama, Carlos Augusto Correa, os exames anuais, também chamados de check-up preventivos, oferecem um diagnóstico detalhado a cerca das funções corporais e é importante para detectar alguma doença que ainda não tenha se manifestado, aumentando as chances de cura e melhorando a qualidade de vida das pessoas.

“O check-up anual é considerado um fator importante na prevenção de doenças, depois de uma minuciosa consulta clínica e uma avaliação criteriosa do histórico médico e do estilo de vida do paciente, estabelecemos uma lista de exames a serem feitos”, informou o médico.

Segundo Carlos Augusto,embora não haja uma idade mínima para se iniciar os exames de rotina, é aconselhável, devido ao processo de mudanças corporais, para pessoas com mais de 30 anos realizar o procedimento pelo menos uma vez ao ano e os exames a serem realizados de maneira geral são: o hemograma, exame para verificar as funções hepáticas e renais, colesterol e frações (perfil lipídico) para indicar possíveis riscos de doenças cardiovasculares, glicemia para avaliação do diabetes mellitus, TSH para tireóide, urina e fezes.

“Dependendo da história clínica do paciente, das doenças que teve no decorrer da vida ou de doenças na família, são necessários incluir outros exames como o ecocardioagrama ou eletrocardiograma em casos de suspeita de doenças cardiovasculares. Para quem tem antecedentes familiares de câncer tão também são solicitados exames para a prevenção da doença”.

Com 22 anos, o estudante Erik Gleen da Silva, não lembra quando foi a última consulta médica que fez até realizar os exames para ser admitido em um concurso público. ”Por ser jovem e não estar doente eu que não precisaria procurar um médico e fazer exames, agora percebi como é necessário e vou ser mais cuidadoso com a minha saúde”, disse.

Para a médica generalista do Centro de Saúde 05 e coordenadora do programa de hipertensão arterial da Regional do Gama, Odaci Rodrigues de Lima, já a partir dos 15 anos de idade é indicado fazer os exames de rotina, “Esses exames podem detectar anemias, doenças renais, hepáticas, as reumáticas e até cardíacas. Também é importante nessa fase, adquirir o hábito de ter uma consulta pelo menos uma vez ao ano para verificar se tudo está para bem e para prevenir as doenças que possam aparecer no decorrer da vida”.

Para os homens

Os exames de rotina da próstata podem ser feitos a partir dos 45 anos. Homens com antecedentes familiares desse tipo de câncer têm mais chances de desenvolver a doença, portanto, devem realizar tais exames a partir dos 40 anos. As possíveis alterações na próstata são detectadas em provas de sangue, sendo mais usada a dosagem do PSA (uma proteína chamada Antígeno Prostático Específico) que é importante para a exclusão de possíveis tumores malignos da próstata. O toque retal fornece informações sobre o volume, consistência, presença de irregularidades, limites, sensibilidade e mobilidade da próstata, porém devido ao preconceito ainda é evitado por muitos homens.

Para as mulheres

Os exames específicos recomendados são a ecografia pélvica e o preventivo ginecológico. O Papanicolau é um dos exames mais simples e mais importantes para a mulher e deve ser feito anualmente. É por esse exame que se descobre a infecção pelo vírus HPV (papilomavírus), que, se não for tratado precocemente, pode desenvolver o câncer de colo do útero. Já os exames de mamografia são indicados de forma obrigatória para as mulheres após os 40 anos de idade, embora antes disso já se indique para as mais novas a ecografia mamária. A mamografia pode ser antecipada conforme alguns casos.

Onde procurar o serviço

Procure a unidade básica de saúde de sua referência marque uma consulta com o médico da família ou clínico geral para uma avaliação clínica onde dependendo do caso, o profissional solicitará os exames necessários.

Por Eliane Simeão, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226