Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/03/16 às 20h32 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Fórum de Gestão Patrimonial reuniu mais de 250 gestores da Saúde

Objetivo é aumentar controle sobre os bens da pasta

BRASÍLIA (8/3/16) – Mais de 250 gestores da Secretaria de Saúde do Distrito Federal participaram, nesta terça-feira (8), do I Fórum de Gestão Patrimonial. O objetivo do evento foi capacitar os servidores para melhorar o controle dos bens patrimoniais móveis e imóveis de toda a rede, que somam mais de 57 mil.

“Nós precisamos preservar o interesse público quanto ao patrimônio, o que inclui a guarda, preservação e melhor utilização para a comunidade. Hoje, temos em torno de R$ 700 milhões em equipamentos e poderemos chegar a R$1 bilhão, porque temos equipamentos não patrimoniados ainda”, destacou o subsecretário de Administração Geral, Marcello Nóbrega.

Ele afirmou que estão em execução ações para cadastramento de patrimônio de todos os equipamentos para saber exatamente quantos estão disponíveis em cada superintendência e em cada hospital. Com os dados, o objetivo é fechar contratos de manutenção que irão garantir o total funcionamento do que está disponível em toda rede.

Segundo Nóbrega, para total funcionalidade dos patrimônios, é necessário planejamento para evitar situações como equipamentos encaixotados por não haver estrutura física compatível para instalação ou, até mesmo, a pasta não dispor de recursos humanos capacitado para operá-los.

INTERAÇÃO – No evento, estavam superintendentes, diretores administrativos e gestores das unidades de saúde. Para a diretora administrativa da região leste, Adriana Alves, a interação dos servidores com o tema gestão patrimonial é essencial para entender todo o processo de cuidado com o bem público.

“É de grande utilidade, porque nós só conhecemos o equipamento quando ele chega à unidade e não temos noção sobre como é o processo de aquisição do equipamento, que também é dinheiro público e muitas vezes envolve a garantia da manutenção da vida dos pacientes que atendemos”, disse.

Para o chefe do Patrimônio da Asa Norte, Jairo Amor, o fórum veio para demonstrar a importância da organização dos bens. “Esse é o primeiro fórum com esse tema que participo em 20 anos de trabalho e sei que grande parte dos servidores não tem noção da quantidade de equipamentos que temos na rede e isso influencia diretamente no serviço prestado a população”, afirmou.

TREINAMENTO – Os fóruns de capacitação dos servidores começaram a ser realizados em 2015, ano que teve como foco os executores de contratos e fornecedores de insumos, serviços e medicamentos da Secretaria de Saúde.

Para este ano, a meta será formular 15 fóruns, sendo três para o fornecedor, oito para servidores e quatro relacionados à logística, vigilância à saúde e atenção à saúde.

O próximo terá como tema Gestão de Documentos e da Informação da Secretaria de Estado de Saúde e está previsto para 15 de março de 2016.