Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/09/13 às 19h38 - Atualizado em 30/10/18 às 15h08

GDF reestrutura carreira de servidor do Hemocentro

COMPARTILHAR

Criação de gratificações beneficiará mais de 11 mil servidores do GDF

Foto: Renato Araújo

A Lei que reestrutura as carreiras da Fundação Hemocentro de Brasília e Políticas Públicas e Gestão Governamental (PPGG) foi sancionada nesta segunda-feira (30), pelo governador Agnelo Queiroz, no Palácio do Buriti.

No Hemocentro cerca de 300 servidores serão beneficiados com a criação de gratificação para aqueles que concluíram cursos de ensino médio, graduação, especialização, mestrado e doutorado. A tabela de escalonamento vertical também foi reestruturada e tanto a Parcela Individual Fixa quanto a gratificação de Atividades do Hemocentro serão incorporadas ao vencimento básico.

A sanção da Lei que reestrutura as carreiras de PPGG beneficiará mais de 11 mil servidores de todas as Secretarias do GDF, que passam a contar com novas gratificações e bolsas anuais para capacitação.

Será implantada a Gratificação por Habilitação, como estímulo à formação continuada da categoria, além da abertura de 1,1 mil vagas anuais em cursos de capacitação e pós-graduação para servidores e criação de um terceiro cargo na carreira, o de assistentes em PPGG.

“Procuramos com a reestruturação das carreiras não apenas reajustar salários mas também corrigir distorções, fazer com que os nossos servidores se sintam valorizados, que cresçam intelectualmente e possam atender melhor nossa população”, disse o governador Agnelo Queiroz.

O governador destacou o papel e a responsabilidade de um servidor público, que presta atendimento à população e representa o governo. “Nossos servidores são responsáveis pela sustentação e manutenção das nossas políticas públicas. Estou muito satisfeito por hoje poder comemorar a reestruturação de carreiras tão importantes”, disse Agnelo.

Já o presidente da Câmara Legislativa , Wasny de Roure destacou o processo percorrido pelos sindicalistas e o governo, na busca do atendimento às reivindicações das categorias funcionais. “Quero destacar o método utilizado e cumprimentar os sindicalistas pelo diálogo, muito bem conduzido pela Secretaria de Administração que teve paciência em ouvir todos os servidores”, disse Wasny.

O secretário de Administração, Wilmar Lacerda, agradeceu aos servidores, sindicalistas, deputados distritais e ao governador do Distrito Federal pelas reestruturações das carreiras que beneficiarão cerca 300 servidores do Hemocentro de Brasília e outros 11 mil da carreira de Políticas Públicas e Gestão Governamental.

Lena Nardelli