Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/09/16 às 20h31 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

HAB cria projeto de sustentabilidade

COMPARTILHAR

Projeto Reviverde Apoio está sendo implantado nas áreas verdes da unidade

BRASÍLIA (05/09/16) – O Hospital de Apoio de Brasília (HAB) iniciou, neste ano, um projeto de sustentabilidade nas áreas internas da unidade com o objetivo de proporcionar, aos pacientes e funcionários, o contato com a natureza, as formas de preservação do cerrado, além de estimular o trabalho coletivo e sustentável no HAB. A iniciativa é conhecida como Projeto Reviverde Apoio.

Catarina Bastos é a coordenadora do projeto e revela que ele surgiu a partir do desejo, dos diretores e funcionários da unidade, de aproveitar de forma eficaz as áreas verdes do hospital. “Nosso principal foco é oferecer mais qualidade de vida no trabalho a todos, mas, principalmente, aos pacientes e é por este motivo que todos estão engajados em fazer o Reviverde crescer”, completa.

A diretora do HAB, Anelise Pulschen, ressalta que, quando a saúde é pensada no ambiente hospitalar, muitas vezes, os elementos naturais, como a energia solar e o ar, não são levados em consideração.

“O projeto Reviverde foi a resposta que encontramos de pensar a saúde no âmbito global e, para nós, a sustentabilidade tem que ser pensada de três formas: social, econômica e ambiental. Essa iniciativa é a nossa forma de tornar o ambiente hospitalar mais saudável”, diz Anelise.

O QUE É – O Projeto Reviverde Apoio propõe a introdução de princípios e práticas da permacultura, como também, o cultivo de alimentos e plantas medicinais a serem usados no hospital, o manejo sustentável da água e atividades de terapia com a terra. A permacultura é um método de design que planeja e cria ambientes sustentáveis e produtivos.

Atualmente, o projeto conta com a ajuda de 20 pessoas. Entre elas, funcionários, voluntários e pacientes do hospital.

A partir da iniciativa, as áreas verdes do Hospital de Apoio serão organizadas a tomando como base os quatro elementos: ar, água, terra e fogo. Catarina explica que a ideia é permitir experiências sensoriais às pessoas que frequentam o local e a aproximação com a natureza. “O HAB tem muitos espaços verdes que estão sem uso e que, se trabalhados, podem oferecer mais conforto e satisfação tanto para quem trabalha, quanto para aqueles que se tratam aqui”, afirma a coordenadora.

COLABORADOR – Iago Perrone é estudante e voluntário no projeto há um mês. Ele conta que sempre teve interesse por iniciativas que gerem aumento do bem-estar de quem mais precisa e por meio da sustentabilidade.

“Fiquei sabendo da proposta quando realizei uma pesquisa num site que mostrava quais os trabalhos voluntários que existem aqui no Distrito Federal. O Reviverde chamou a atenção por permitir a realização de projetos sustentáveis de diferentes frentes, desde o plantio, revitalização de jardins, até a correta destinação e uso da água pluvial”, afirma o estudante ao dizer qual motivo o incentivou a participar do projeto.

PARCERIAS – Neste mês, o Reviverde Apoio irá participar do Programa “Virada do Cerrado”, que acontece anualmente em Brasília. O programa é uma parceria entre o poder público, organizações da sociedade civil e setor privado, com o intuito de promover a mobilização e educação ambiental e a partir de atividades socioambientais, educativas, esportivas e culturais em todo a capital.

Este ano, a “Virada do Cerrado” acontece entre os dias 07 e 11 de setembro e o Hospital de Apoio estará presente no evento nos dias 07, 08 e 09 deste mês com diversas atividades no local e abertas à comunidade, como oficinas, palestras sobre jardins sustentáveis, música, fotografia, circo e cinema. O evento é gratuito, mas para participar é necessário se inscrever aqui.