Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/11/13 às 10h37 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Novo Centro Cirúrgico do HRPL amplia em 50% capacidade de atendimento

COMPARTILHAR

Em menos de um ano foram realizadas cerca de 500 cirurgias

O Hospital Regional de Planaltina ampliou a capacidade para procedimentos de emergência e urgência no centro cirúrgico. Antes eram feitos 68 procedimentos emergenciais e 12 eletivos (agendados), por mês, no hospital. Atualmente são realizadas 86 emergenciais e 43 eletivas. De maio a agosto foram realizadas cerca de 500 cirurgias.

O Centro Cirúgico atualmente tem 470 metros quadrados, possui quatro salas cirúrgicas e uma sala de Recuperação Pós Anestesia (RPA) com cinco leitos, o novo centro substituiu o anterior que tinha 260 metros quadrados.

A obra custou R$ 2,2 milhões, e foi feita por meio de parceria entre o Centro Universitário de Brasília (UniCeub) e a Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs). A SES investiu outros R$ 2 milhões em equipamentos de última geração para a unidade.

Segundo a coordenadora do Centro Cirúrgico, Lidiane de Souza Bittar, o número de cirurgias aumentou devido aos investimentos na estrutura física, “a obra ampliou a capacidade e a qualidade da assistência da unidade”, disse.

A estrutura melhorou o atendimento de Saúde na região administrativa, responsável por uma demanda três vezes superior à da população local. No ano passado, o HRP atendeu 620 mil pessoas – quase quatro vezes o número de habitantes da região administrativa, de 171 mil. Na área de Cirurgia, por exemplo, 60% dos procedimentos são em pacientes vindos do Entorno de Brasília.

Para a coordenadora-geral de Saúde de Planaltina, Mônica Rocha Rodrigues, o Centro Cirúrgico é um dos mais modernos e equipados da rede para garantir segurança e melhorar o atendimento a população de Planaltina. “O antigo estava totalmente deteriorado. Apenas uma sala de cirurgia funcionava, agora temos quatro”, afirma.

O Centro Cirúrgico do Hospital Regional de Planaltina foi inaugurado em 30 de janeiro de 2013. E a sua ampliação integra uma série de ações do GDF para qualificar o atendimento da Saúde no DF. “O próximo setor a passar por revitalização será o de Radiologia. Também está prevista, a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), e de uma Unidade Intensiva”, adiantou o secretário de Saúde Rafael Barbosa.

“Nunca se investiu tanto em Planaltina na saúde como agora, realizamos reformas, construções, compra de equipamentos, insumos e investimos na capacitação do profissional, o processo de trabalho passou a ser mais dinâmico”, informa a coordenadora da regional.

Por Tatiane Gomes, da Agência Saúde DF
Assessoria de Imprensa
(61)3348-253925/2547 e 9862-9226