Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/08/15 às 19h28 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

HRT discute trabalho e aleitamento materno

Preconceito ainda é um problema para quem amamenta

BRASÍLIA (14/8/15) – O Núcleo de Banco de Leite Humano, da Diretoria Geral de Saúde de Taguatinga, promoveu, na manhã desta sexta-feira (14) evento alusivo à Semana Mundial de Aleitamento Materno. Uma exposição de trabalhos artesanais foi montada no saguão do quinto andar do HRT como parte da programação que contou, ainda, com apresentação do grupo musical da Maternidade. O ponto alto da comemoração foi a roda de conversa que abordou o tema “amamentação e trabalho – fatos e contos que fazem dar certo”, realizada no auditório do hospital.

Coordenadora dos Bancos de Leite da Secretaria de Saúde, Miram Santos lembra que é importante empresas e instituições darem apoio à trabalhadora que está amamentando, quando retorna para sua rotina de trabalho a fim de dar prosseguimento ao aleitamento materno.

“É importante a sensibilização e participação de todos os setores no estímulo à amamentação”, disse Miriam durante a abertura do evento no HRT. Para ela, o sucesso do projeto amamentação e trabalho precisa do envolvimento de todos, da família até as chefias no trabalho. “É preciso ter sensibilidade para avaliar as situações”, recomenda.

A coordenadora dos bancos de leite lembrou a participação de vários setores da sociedade no desenvolvimento de uma cultura de amamentação e das atividades realizadas pelo Corpo de Bombeiros, na coleta de leite materno doado, bem como das equipes de enfermagem “que estão a maior parte do tempo em contato com as pacientes”.

Durante a roda de conversa, a nutriz Christiane Nóbrega, do grupo Põe o Rótulo, destacou a importância de se saber o que a mãe consome para que a criança possa ter uma amamentação saudável. Com três filhos, Christiane alertou que seis meses são insuficientes para a licença maternidade. De acordo com ela, ainda há muito preconceito em relação ao período desfrutado pelas mulheres e completa: “licença maternidade não é período de férias”.

A Semana Mundial do Aleitamento Materno (SMAM), celebrada em mais de 170 países de 1º a 7 de agosto, Foi aberta em Brasília no dia 31 de julho e contou com ações em todas as regionais de Saúde. O slogan adotado foi: “Amamentação e Trabalho: para dar certo o compromisso é de todos”.

A coordenadora dos Bancos de Leite, Miriam Santos, explicou, durante a abertura das atividades, que Brasília “ampliou a data para intensificar a divulgação sobre a importância da amamentação com foco na mulher trabalhadora que amamenta. Sabemos que muitas mães deixam de oferecer o leite para seus filhos ao retornar ao trabalho, mas elas podem buscar orientações sobre como não interromper essa alimentação tão relevante com as equipes das unidades básicas de saúde da secretaria”.