Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/04/20 às 17h40 - Atualizado em 9/04/20 às 12h15

Iges-DF mantém estoques de equipamentos de proteção individual abastecidos

Luvas, capotes, protetores faciais, álcool gel e macacões estão sendo distribuídos frequentemente para garantir a proteção dos profissionais

 

Em um esforço para garantir a segurança de todos os profissionais de saúde durante a pandemia do coronavírus, o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF) está mantendo todos os estoques de equipamentos de proteção individual (EPIs) abastecidos.

 

A distribuição e o monitoramento estão sendo feitos constantemente em todas as unidades. Os profissionais estão recebendo itens como luvas, óculos, protetores faciais e capotes. Recentemente, foram adquiridos 5 mil macacões que protegem contra o vírus para os profissionais que lidam diretamente com os casos confirmados.

 

Além disso, um milhão de máscaras deve chegar nesta semana, além de 15 mil capotes recebidos nesta terça-feira (7). Também foram montados 360 protetores faciais para o grupo de enfermagem e fisioterapeutas que atuam na UTI do HRSM.

 

“Todas as medidas para proteger e apoiar nossos colaboradores estão sendo tomadas. Estamos reforçamos a obrigatoriedade do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), conforme os protocolos da lei de biossegurança”, ressaltou o diretor-presidente do IGESDF, Sérgio Costa.

 

Segundo ele, outras remessas de diversos materiais estão previstas para chegar e a distribuição ocorre de forma ordenada e consciente para não ocorrer falta futuramente.

 

CAPACITAÇÃO – Comprometido com a segurança dos seus colaboradores, o IGESDF também já capacitou mais de 2,8 mil profissionais sobre a Covid-19. A ênfase está nas condutas relativas ao uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), que protegem contra o vírus. Os instrutores estão repetindo a importância dessas condutas para que as equipes assistenciais estejam seguras, reduzindo ao máximo qualquer grau de contaminação.

 

Também foi lançada a plataforma com vídeos e cursos sobre o assunto. Com duração de dois a quatro minutos, os vídeos já disponibilizados tratam sobre lavagem de mãos, entubação de pacientes, procedimentos de fisioterapia e uso de equipamentos de proteção individual (EPIs). A plataforma pode ser acessada no link: https://igesdf.org.br/ead/.

 

Texto: Ailane Silva/IGESDF

Fotos: Davidyson Damasceno/IGESDF