Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/08/15 às 20h13 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Instituto de Saúde Mental comemora um ano de projeto que une ciência e arte

Saúde Mental em Tela leva filmes para profissionais e pacientes debaterem a temática

BRASÍLIA (21/8/15) – Cerca de 50 pessoas participaram, nesta sexta-feira (21), das comemorações do primeiro ano do projeto Saúde Mental em Tela, criado pelo Instituto de Saúde Mental (ISM) do Distrito Federal. O evento foi aberto por uma palestra, seguida da mostra de três curtas e um coquetel.

Entre os curtas apresentados estava o Travessia, gravado com pacientes do instituto, participantes da oficina de culinária Louco Sabor. Protagonista da trama, Leonídia Andrade, mais conhecida como Bebel, faz tratamento na unidade há 19 anos, por causa de uma depressão, e diz se sentir orgulhosa em ter participado do filme.

“Foi marcante para mim. O filme foi aplaudido de pé em uma mostra em São Paulo”, conta Bebel, orgulhosa. Ela observa que participar de atividades assim a ajuda a “bater de frente” com a depressão. “Eu tenho uma veia artística, participo também do coral e vamos gravar o segundo CD em setembro”, destaca.

ESTUDOS – O projeto Saúde Mental em Tela nasceu em agosto de 2014, como uma proposta de encontro científico com um grupo de estudo iniciando com um filme. “É o encontro da arte e do conhecimento na área da saúde mental, com a participação de profissionais da área, mas também da comunidade”, ressalta uma das criadoras do projeto e também terapeuta ocupacional do ISM, Raquel Alves.

Segundo o chefe do Núcleo de Educação Permanente do instituto, Nelson Roche, um próximo passo é fazer uma parceria com escolas de ensino médio para que eles também participem da mostra e discutam o tema. “Queremos trazer esses adolescentes para discutir a saúde mental e também álcool e drogas”, destaca.

Ele diz que os filmes apresentados são atrativos para a comunidade em geral, pois muitos deles estão no circuito comercial. “Hollywood adora psicose. Então, há um grande repertório de filmes que atraem, como por exemplo, Uma Mente Brilhante”, cita Nelson.

SESSÕES – A mostra ocorre quinzenalmente, sempre às sextas-feiras, às 14h, na sede do Instituto de Saúde Mental, no Riacho Fundo I. Desde a primeira exibição, 20 filmes já foram exibidos e acompanhados por profissionais, pacientes e familiares. A entrada é gratuita.