Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/03/21 às 17h55 - Atualizado em 21/06/21 às 22h14

Já tive Covid-19. Quando devo tomar a vacina?

Infectologista da Secretaria de Saúde esclarece qual é o tempo certo para tomar asp primeira e a segunda doses

 

AGÊNCIA BRASÍLIA

 

Mesmo quem já foi infectado deve tomar a vacina contra o coronavírus, mas no tempo certo. Isso vale tanto para quem foi imunizado pela CoronaVac — produzida pela Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac — quanto pela Covishield — vacina produzida pelo Instituto Serum, na Índia, desenvolvida pela universidade inglesa de Oxford com a farmacêutica sueco-britânica AstraZeneca. O recomendado, segundo especialistas, é esperar um mês para tomar a primeira ou a segunda dose, após o primeiro dia de sintoma ou se o exame RT-PCR der positivo.

 

A infectologista Joana D’Arc Gonçalves, do Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), esclarece que a indicação é do Ministério da Saúde e, também, está expressa na bula da vacina. “Como é um vírus novo, se a pessoa tomar antes desse período e tiver alguma reação, vamos ter dificuldade de saber se é por causa da doença ou da vacina”, explica.

 

Vacina Coronavac produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac  – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

“Quando você toma uma vacina e está infectado por qualquer vírus, a produção de anticorpos é mais intensa. Ainda não sabemos o que pode acontecer. Não há estudos com relação a isso”, comenta a médica Joana D’Arc Gonçalves.

 

No caso de outros tipos de vacina, como a da gripe, por exemplo, é recomendável aguardar 14 dias para receber outro tipo de imunização. “Reforçamos que a da covid-19 é prioridade nesse momento, mas as outras também são importantes e mesmo tomando a vacina, é preciso continuar seguindo os protocolos de segurança, como o uso da máscara e álcool gel e o distanciamento social”, ressalta a infectologista.

 

Vacinação

 

Desde a segunda-feira (22), quem tem 69 anos ou mais está sendo vacinado contra a Covid-19 no Distrito Federal. A aplicação do imunizante ocorre em 47 pontos de vacinação. Durante a semana, o funcionamento dos pontos é de 8h as 17h nas salas de vacina e com início às 9h nos drive-thrus.

 

Não é necessário agendar atendimento para os idosos em um dos 47 pontos de vacinação, sendo 14 na modalidade drive-thru. Na próxima semana, passam a ser contemplados os profissionais de saúde da rede privada que atuam em diversas áreas. Estes, porém, precisam agendar, a partir de quinta-feira (25) pelo site vacina.saude.df.gov.br e a vacinação será na sexta, 26 de março.

 

Serão vacinados os profissionais de saúde que trabalham em consultórios, clínicas, laboratórios, farmácias, funerárias e no Instituto Médico Legal. Serão levados em conta, nesta primeira etapa, os profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, médicos veterinários e seus respectivos técnicos).

 

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: