Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/01/15 às 13h36 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Justiça determina fim da greve dos médicos

COMPARTILHAR

Todos os profissionais devem voltar ao trabalho

BRASÍLIA (20/1/15) – O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF) determinou, na noite dessa segunda-feira (19), a suspensão da greve dos médicos da Secretaria de Saúde do DF, iniciada sexta-feira (16), atendendo ação ajuizada pela Procuradoria-Geral do DF.

O desembargador Cruz Macedo, do TJDFT, determinou o retorno imediato ao trabalho de 100% dos médicos, a fim que evitar a interrupção do atendimento nas unidades de saúde pública. Caso a ordem judicial não seja cumprida, será aplicada multa diária de R$ 80 mil. A decisão foi tomada em caráter liminar, sendo cabível recurso.

Também foi determinado ao Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico) que seus associados não pratiquem qualquer ato impeditivo do funcionamento dos hospitais e postos de saúde, bem como impeçam a entrada, permanência ou saída do público em geral das unidades de saúde pública.

Nessa segunda-feira, o governador Rodrigo Rollemberg, decretou estado de emergência na saúde do DF. A medida permite aos gestores da pasta comprar medicamentos e insumos com dispensa de licitação, convocar médicos e enfermeiros lotados em qualquer órgão do governo para auxiliarem no atendimento de pacientes em hospitais e outras unidades da rede. Paralelamente, uma força-tarefa será formada com o intuito de revisar e auditar todos os contratos firmados nos últimos anos pela Secretaria de Saúde.