Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/10/13 às 15h17 - Atualizado em 30/10/18 às 15h08

Luta contra câncer de mama desembarca no metrô de Brasília

COMPARTILHAR

Estandes nas estações da Rodoviária e Praça do Relógio trarão dicas para prevenção da doença

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília, formada por voluntários do Hospital de Base do Distrito Federal, realizou, nessa quarta-feira (16), a campanha “Prevenção sobre Trilhos” em prol da luta contra o câncer de mama. Os eventos simultâneos ocorreram nas estações do metrô da Rodoviária, no Plano Piloto e Praça do Relógio, em Taguatinga,

Em alusão ao Outubro Rosa (mês dedicado mundialmente ao combate e prevenção da doença), o grupo orientou as mulheres com explicações sobre o autoexame nas mamas, distribuição de panfletos, cartilhas, broches e sorteios para realização de exames de mamografia.

“A nossa meta é alcançar mais e mais mulheres com informações para alertá-las sobre a prevenção do câncer de mama. Conseguimos atender uma quantidade grande de mulheres. Muitas se queixavam que não tinham tempo de ir ao médico, por isso fomos até elas, na rua”, afirma a Coordenadora da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Hospital de Base, Vera Lucia da Silva.

Dados

De janeiro a agosto de 2013, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal realizou 28.204 mamografias, sendo 14.913 em mulheres com idade entre 50 e 69 anos, faixa etária com maior risco para a doença.  Em todo o ano passado foram feitas 20.833 mamografias na rede pública de saúde.

Das mulheres que fizeram mamografia nas carretas, cerca de 100 foram diagnosticadas com suspeita de câncer e se beneficiaram com a linha rápida de diagnóstico, desde a criação do serviço.

Atualmente, 2.548 mulheres fazem tratamento contra o câncer de mama nos Hospital Regional de Taguatinga, de Base e Hospital Universitário de Brasília (HUB).

Alessandra Franco