Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/06/20 às 10h06 - Atualizado em 3/06/20 às 18h34

Mais de 5,8 mil servidores da Atenção Primária já foram testados para Covid-19

COMPARTILHAR

Dos testados, 51 profissionais de saúde apresentaram resultado positivo para a doença

 

 

JURANA LOPES, DA AGÊNCIA SAÚDE

 

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

Com o objetivo de proteger seus profissionais, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal tem realizado testagens constantemente para a detecção do novo coronavírus (Sars-CoV-2). O procedimento engloba todos os profissionais da saúde. Na Atenção Primária já foram testados 5.886 servidores, sendo que 51 testaram positivo para a Covid-19.

O secretário de Saúde, Francisco Araújo, ressalta a importância do cuidado com os profissionais que estão na linha de frente do combate ao coronavírus, inclusive os servidores da Atenção Primária porque trabalham no atendimento primeiro, direto, de pacientes com suspeitas da Covid-19. “Precisamos proteger esses profissionais e reconhecer o esforço de todos eles na superação dessa pandemia”, acrescentou Araújo.

Na Região de Saúde Central foram testados 384 servidores, sendo seis confirmados para a Covid-19. Na Região Centro-Sul foram 810 servidores testados e dez casos positivos.
A Região de Saúde Sudoeste testou 1.282 profissionais que trabalham na Atenção Primária e oito deram positivo para o coronavírus. Na Região de Saúde Sul foram 858 servidores testados e sete confirmados com a Covid-19.

“É de grande importância ofertar condições para que o trabalhador exerça suas funções com segurança. Todos os profissionais da saúde, independentemente do nível, da assistência, vigilância e gestão estão envolvidos no enfrentamento à pandemia”, avalia o coordenador da Coordenação de Atenção Primária à Saúde (Coaps), Fernando Erick Damasceno.

Na Região de Saúde Norte, foram 895 profissionais testados e nove resultados positivos. Já na Região Oeste, dos 1.059 servidores testados apenas quatro deram positivo para o novo coronavírus. Na Região de Saúde Leste, dos 598 profissionais testados, sete foram confirmados com a doença.

As testagens ocorrem segundo critérios de biossegurança, tendo em vista que os profissionais que trabalham na Atenção Primária também estão na linha de frente do enfrentamento à pandemia.

HOSPITAIS – Os profissionais que trabalham nos 14 hospitais da rede e estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus, continuam sendo testados para a doença. Conforme balanço parcial, 16.641 servidores e terceirizados já fizeram os testes rápidos desde o dia 9 de abril. Em 485 exames, o resultado foi positivo.