Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/05/13 às 18h45 - Atualizado em 30/10/18 às 15h05

Médicos e enfermeiros do Recanto das Emas participam de treinamento

COMPARTILHAR

Médicos e enfermeiros da Estratégia Saúde da Mulher (ESF) do Recanto das Emas participam até essa quinta-feira (16) do Curso sobre Crescimento e Desenvolvimento Infantil, na Clínica da Família da quadra 104, com a meta de aprimorar o atendimento feito pelas equipes multiprofissionais.

Segundo a médica Poliana de Castro Sousa, coordenadora do Programa de Atenção Integral à Saúde da Criança (PAISC/ Recanto das Emas), a capacitação é direcionada a todos os profissionais das equipes e é de suma importância porque amplia o olhar do médico ou do enfermeiro sobre o paciente, contribuindo para um diagnóstico mais rápido e preciso e o encaminhamento em tempo hábil e da forma mais adequada.

“ Essa é uma capacitação para que os profissionais tenham habilidade em acompanhar o desenvolvimento infantil em suas diversas etapas e possam aplicar os conhecimentos adquiridos em seus ambulatórios de crescimento e desenvolvimento. A ideia é que fiquem seguros para acompanhar o desenvolvimento da criança e saibam identificar possíveis sinais de risco, que mereçam intervenção especializada”, explica a coordenadora.

O primeiro dia do treinamento, que começou no dia 14 de maio, teve a participação dos pediatras Andréia Cristina da Silva, que falou sobre o “Exame físico na Pediatria” e Antônio dos Santos Neto, que fez uma análise do “Sono e vigília”. Outros temas que fazem parte da capacitação são maus tratos, cuidados básicos de higiene, aleitamento materno, asma, bronquite e rinite.

A médica da equipe 401 do Saúde da Família do Recanto das Emas, Beliza Mota, aprovou a iniciativa. “É muito importante esse tipo de capacitação porque qualifica os profissionais, ao mesmo tempo que nos dá os instrumentos necessários para uma boa intervenção junto ao paciente”, resumiu.
Uma segunda turma será formada sobre o mesmo tema, a partir de setembro, com organização do Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher – PAISM – e do Núcleo de Educação Permanente em Saúde, NEPS.

Arielce Haine