Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/03/15 às 12h51 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Meninas ainda não vacinadas contra HPV devem ir aos centros de saúde

Número de meninas imunizadas está baixo

BRASÍLIA (11/3/15) – As meninas de 9 anos de idade que ainda não foram vacinadas contra o papilomavírus humano (HPV) devem comparecer aos centros e postos da Secretaria de Saúde. A dose previne contra o câncer do colo de útero, o segundo tipo que mais mata mulheres, mas o número de garotas imunizadas ainda é baixo.

“Não deixem de levar suas filhas que devem apresentar a caderneta de vacinação e um documento com foto para receber a dose. Essa é uma forma de protegê-las contra o câncer do colo do útero, que atinge as mulheres, principalmente, na idade mais produtiva, de 25 até 65 anos”, alertou a gerente de Vigilância Epidemiológica e Imunização, Cristina Segatto.

A meta é atingir pelo menos 80% das cerca de 21 mil meninas com 9 anos de idade e, ainda, aquelas que não concluíram o esquema iniciado em 2013 e 2014. Neste ano, a SES recebeu 45 mil doses e realiza a vacinação que protege contra os tipos de vírus 6,11,16 e 18. A aplicação ocorre em 98 salas de vacina de centros e postos de saúde de toda a rede pública de saúde do Distrito Federal.

A apresentação dos documentos é importante para que a equipe verifique se a caderneta está atualizada com as doses corretamente, além realizar o registro nominal da garota, com os contatos para que os profissionais possam entrar em contato com as jovens, caso elas não tomem as doses corretamente.

Desde que a campanha foi lançada, em 2013, cerca de 90 mil garotas já receberam a vacina contra o HPV. É importante ressaltar que elas devem receber todas as doses preconizadas para obter o melhor resultado possível em relação à prevenção do câncer de colo do útero.

CICLO DE DOSES – As meninas de nove anos de idade, público-alvo da vacinação, recebem três doses da vacina, sendo a segunda após seis meses e a terceira após 5 anos, ou seja, a primeira dose em março, ou no mês que a menina completar 9 anos de idade; a segunda seis meses após a primeira dose e a terceira em 2020 (esquema estendido de vacinação contra o HPV).

Quem iniciou o esquema de vacinação em 2013 e 2014 deve ir às salas de vacinas com a caderneta de vacinação para completar o esquema vacinal iniciado. Além disso, nascidas a partir de 1º de janeiro de 2000 que por algum motivo não receberam nenhuma dose da vacina contra o HPV podem procurar as salas de vacinas para iniciar o esquema vacinal.

Confira aqui os locais de vacinação