Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/11/13 às 12h39 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Ministério da Saúde torna obrigatório exame de qualidade do sangue

COMPARTILHAR

Hemocentro de Brasília já realiza testes desde 2011

O exame de sangue NAT, que passou a ser exigido por meio de Portaria do Ministério da Saúde no último dia 14, já é realizado no Hemocentro de Brasília desde 2011.

O exame NAT reduz de 22 para 10 dias a janela imunológica ou o tempo em que o vírus permanece indetectável por testes, no caso do HIV, e de 35 para 12 dias, em relação ao vírus da Hepatite tipo C. O NAT identifica o material genético do vírus e não os anticorpos (como ocorre em outros exames), o que permite um resultado mais rápido e eficaz.

Segundo Beatriz Mac Dowell Soares, diretora-presidente do Hemocentro de Brasília, com os exames realizados pelo NAT aumentam a qualidade do sangue e a segurança trasnsfusional. “Fazemos este teste há mais de dois anos, atendemos a toda a demanda da região Centro-Oeste e fomos escolhidos, pela Coordenação Geral de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde para realizar a demanda de contingência dos outros Hemocentros do país. Somos acionados sempre que preciso e estamos à disposição 24 horas por dia para correspondermos a confiança e a responsabilidade que nos foi passada”, diz ela.

A diretora-presidente acrescenta que o Hemocentro de Brasília realizou os testes do NAT em amostras dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Alagoas e Roraima.