Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/04/19 às 11h06 - Atualizado em 2/04/19 às 11h40

Mostra apresenta trabalhos de farmacêuticos no cuidado aos usuários

Objetivo é mostrar iniciativas produzidas e relatos de experiências implementadas

 

 

Farmacêuticos da Secretaria de Saúde do Distrito Federal apresentaram 12 trabalhos técnicos relacionados ao cuidado com os usuários, durante a I Mostra de Experiências em Cuidado Farmacêutico no SUS-DF. O evento foi aberto nesta terça-feira (2), no auditório da Conselho Regional de Farmácia do DF (CRFDF). As experiências concorrem em três categorias: Atenção Primária à Saúde, Atenção Secundária e Atenção Hospitalar.

 

O objetivo é mostrar ao longo do dia tanto os trabalhos produzidos como os relatos de experiências implementadas, de forma a contribuir para o fortalecimento do cuidado farmacêutico e fomentar a capacitação técnica. Ao todo, três iniciativas serão selecionadas, para receber a premiação de R$ 100 cada um, e a oportunidade de participarem do I Congresso de Ciências Farmacêuticas do Centro-Oeste, que ocorrerá em Brasília nos dias 25 a 27 de abril.

 

“Esses trabalhos mostram que estamos aqui para fortalecer o SUS e como o serviço do farmacêutico na Secretaria de Saúde é importante para melhorar o atendimento ao paciente”, afirmou a presidente do CRFDF, Gilcilene El Chaer.

 

MAIS VALOR – Presente na abertura do evento, o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, destacou que a mostra traz um componente importante à rede de saúde do Distrito Federal, que são os trabalhos voltados à Farmácia Clínica. Na sua avaliação, essa especialidade agrega valor ao farmacêutico no atendimento à população e no auxílio a todos os profissionais de saúde que trabalham diretamente com o paciente.

 

“O farmacêutico clínico tem a importância de fazer a interlocução com todos os profissionais que trabalham com aquele paciente, para que possa somar cada vez mais, não só na utilização do medicamento correto, da forma correta, mas também trazendo informações necessárias para que os outros profissionais possam melhorar o atendimento”, destacou Okumoto, que é farmacêutico.

 

Durante o evento, o secretário de Saúde ressaltou que há previsão de chamar mais farmacêuticos aprovados no concurso de 2018. “Já estamos cientes da necessidade de contratação e faremos isso, mediante autorização do governador e com aval da Secretaria de Fazenda”, pontuou.

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde
Fotos: Breno Esaki/Saúde-DF