Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/02/21 às 14h15 - Atualizado em 23/02/21 às 11h11

No combate à pandemia, todos os profissionais são essenciais

COMPARTILHAR

Trabalhadores da limpeza estão entre os valorosos Heróis da Saúde

 

JURANA LOPES, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

A pandemia do novo coronavírus começou no Brasil em março de 2020. Desde então, os profissionais da saúde ganharam os holofotes, com todo o mérito, já que estão na linha de frente do enfrentamento do vírus Sars-CoV-2 e arriscando suas vidas para salvar várias outras. No entanto, nem só quem trabalha diretamente com os pacientes acometidos pela Covid-19 está no grupo de Heróis da Saúde.

 

Na luta contra o coronavírus, os profissionais da limpeza são essenciais para a higiene dos serviços de saúde – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

Narcisa Trajano de Araújo, de 61 anos, foi a primeira auxiliar de limpeza do Distrito Federal a receber a vacina contra a Covid-19, em 19 de janeiro. Ela trabalha há 31 anos dentro do Hospital Regional da Asa Norte (Hran). A trabalhadora chegou a ser afastada durante três meses, por ser idosa e fazer parte do grupo de risco. No entanto, voltou a trabalhar após esse período. Para ela, receber a dose da vacina foi uma grande honra e alegria.

 

“Fiquei muito feliz de ter sido vacinada, porque também estamos nos arriscando. Além disso, nosso trabalho é essencial para o funcionamento do hospital. Toda a limpeza depende de nós. Antes, limpávamos um consultório uma ou duas vezes ao dia, agora é de oito a dez”, relata.

 

A auxiliar de limpeza destaca que a pandemia aumentou demais a demanda de trabalho dos profissionais da limpeza, que são peças fundamentais para manter a higienização de todo o hospital em dia. Segundo ela, apesar de ser uma profissão fundamental, ainda é muito desvalorizada e pouco reconhecida.

 

Narcisa atua no serviço de limpeza do  Hran há 31 anos – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

Narcisa conta que o começo da pandemia assustou todos trabalhadores do Hran, até mesmo pessoas formadas na área de saúde. “É uma doença nova, que ninguém conhece. A pandemia assustou demais. Todos os dias quando saio de casa peço a proteção de Deus e sigo tomando todos os cuidados”, afirma.

 

Ela conta que já trabalha há tanto tempo dentro do ambiente hospitalar e que infelizmente já se acostumou com as notícias tristes. “Deus é quem protege a gente. Graças a Deus nunca peguei Covid-19 e nem perdi nenhum familiar”.

 

Todos profissionais que estão na linha de frente têm o seu valor e a sua importância – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

A trabalhadora informou que a equipe de limpeza recebeu vários cursos e treinamentos da empresa prestadora de serviços sobre a maneira certa de higienizar os ambientes, sobre o uso correto dos equipamentos de proteção individuais (EPIs) e a maneira adequada de se paramentar e desparamentar para evitar contaminação.

 

“Pouquíssimos colegas da limpeza pegaram Covid e os que tiveram não foi a forma grave, trataram-se em casa, sem precisar de internação. Agora, com a vacina, temos um pouco mais de tranquilidade para trabalhar”.

 

VEJA A GALERIA DE FOTOS:

 

No combate ao coronavírus, todos os profissionais são essenciais