Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/11/16 às 20h23 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Nota: Restrição no Pronto Socorro de Brazlândia

COMPARTILHAR

A Secretaria de Saúde informa que o atendimento a novos pacientes de clínica médica e cirurgia geral, no Hospital Regional de Brazlândia, está restrito, temporariamente, até que a unidade se adeque às exigências feitas nesta quinta-feira (3) pela Diretoria de Vigilância Sanitária, órgão que também compõe a estrutura da pasta. Neste período, os cidadãos deverão buscar outras unidades de saúde e terão como referência o Hospital Regional de Ceilândia. Casos gravíssimos que chegarem a Brazlândia serão atendidos. Pacientes internados permanecem com assistência.

A Subsecretaria de Vigilância à Saúde – onde a Vigilância Sanitária está contida – esclarece que foi acionada por meio de ligações à Ouvidoria da Secretaria. Durante a fiscalização, foi constatado que o hospital funcionava com pacientes além de sua capacidade, número de profissionais reduzido, baixo quantitativo de alguns materiais e equipamentos fora de operação. Todos esses pontos foram apresentados à direção do hospital, que já trabalha para solucioná-los.

Para atender de imediato aos pontos elencados pela Diretoria de Vigilância Sanitária, a direção do Hospital Regional de Brazlândia implantou o acolhimento e classificação de risco, além de efetuar o desbloqueio de enfermaria para acomodar pacientes que estavam em corredor.

A direção procedeu, ainda, com a remoção de pacientes para outras unidades e providencia a correção de problemas estruturais, como manutenção corretiva e reforma.

Diariamente, o Hospital Regional de Brazlândia atende, em média, 164 pacientes na clínica médica e 43 na cirurgia geral. Ainda não há um prazo para que o atendimento volte à normalidade. A Secretaria de Saúde, contudo, trabalha para que o período de restrição seja o mais breve possível.