Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/04/15 às 15h33 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Núcleo de Qualidade e Segurança do HRG completa um ano de atividades

Serviço oferece melhorias na assistência no ambiente hospitalar

BRASÍLIA (27/4/15) – O Núcleo de Qualidade Hospitalar e Segurança do Paciente do Hospital do Gama completa na próxima quarta-feira (29), um ano de atividades. Para a enfermeira, Michele dos Reis, chefe do setor, neste período as unidades avançaram no processo de cuidar, “as equipes compreendem a importância das metas preconizadas pelo Ministério da Saúde e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária que visam melhorias no ambiente hospitalar”, destacou a enfermeira.

As primeiras três metas trabalhadas pela equipe foram a identificação correta do paciente, a melhoria na segurança da prescrição no uso e na administração de medicamentos e a higienização das mãos para evitar infecção. Agora o núcleo de qualidade começa a executar a segunda fase que compreendem as metas sobre a redução de riscos de queda e úlceras por pressão, a melhoria na comunicação entre os profissionais de saúde e a de assegurar a cirurgia em local de intervenção, procedimento e pacientes corretos.

“Nesse primeiro ano de atividades tivemos um avanço importante sobre os nossos processos de trabalho e podemos destacar mudanças importantes em locais como o Pronto Socorro Adulto, que conforme os nossos dados de controle, passou de um percentual de identificação com planilhas que giravam em torno de 44 % em fevereiro de 2014 e agora em janeiro saltou para 99%, bem como a medicação com segurança onde a rotulação dos soros que era de 50% de soros não rotulados em 2014, agora no primeiro trimestre de 2015 chegamos em 92% de rotulação”, isso gera segurança e qualidade na assistência prestada aos nossos usuários”, ela destacou.

Segundo Michele, outra unidade que merece destaque é enfermaria de clínica médica onde o percentual de identificação era de 38% na primeira avaliação e agora atingiu o índice de 83%. As metas que foram implantadas na unidade estão devidamente documentadas e as normativas à disposição dos servidores para consulta na área de trabalho em todos os computadores do setores e da alas de internação do hospital.

Segurança e Qualidade
O Ministério da Saúde em parceria com a Anvisa aprovou em 2013 protocolos básicos para segurança do paciente com o objetivo de prevenir e reduzir incidências de situações que gerem danos ao paciente como quedas, administração incorreta de medicamentos e erros em procedimentos cirúrgicos, tanto nos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) ou nas rede privadas.

O Programa Nacional de Segurança do Paciente institui ações para promover melhorias na assistência oferecidas no ambiente hospitalar que são:
– Identificação correta do paciente;
– Melhorar a comunicação entre os profissionais de saúde;
– Melhorar a segurança na prescrição, no uso e na administração de medicamentos;
– Assegurar cirurgia em local de intervenção, procedimento e paciente corretos;
-Higienizar as mãos para evitar infecções;
-Reduzir o risco de quedas e úlceras pressão;