Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/03/20 às 13h27 - Atualizado em 2/03/20 às 14h18

Odontologia do HRT presta assistência aos pacientes em cuidados paliativos

Atendimento minimiza dor e melhora a qualidade de vida

 

O Hospital Regional de Taguatinga (HRT) conta com uma equipe de cuidados paliativos multiprofissional. A odontologia é um diferencial no suporte aos pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e aos que estão em cuidados paliativos de diversas especialidades, como os da oncologia. Essa assistência promove uma melhor qualidade de vida para as pessoas que enfrentam  doenças que ameaçam a vida.

 

“Na Unidade de Odontologia as pessoas em cuidados paliativos são atendidas por toda a equipe de profissionais, de diversas especialidades, com ênfase nos atendimentos oncológicos. Esses pacientes são atendidos em todas as suas necessidades dentro das condições gerais de saúde de cada um”, destaca a dentista, Emmanuelle Capellini.

 

A melhora da condição bucal e o acompanhamento de profissionais qualificados diminuem as ocorrências de doenças respiratórias entre pacientes de alto risco, principalmente, aqueles internados em UTI. Esses cuidados asseguram uma boca mais saudável, livre de infecção e dor.

 

A falta de tratamento para os pacientes em cuidados paliativos resulta em mais desconforto, comprometendo ainda mais a qualidade de vida desses doentes. A assistência preventiva e os tratamentos minimizam sofrimento e desconfortos.

 

A dona de casa, Adair Santos, de 66 anos, iniciou os cuidados odontológicos no HRT em outubro de 2019. Adair faz tratamento oncológico e foi encaminhada para o atendimento odontológico para ter condições de continuar o tratamento quimioterápico. Antes de ser atendida, a dona de casa estava sofrendo com dores e alteração no paladar, com isso não conseguia nem se alimentar direito, o que a deixava ainda mais debilitada.

 

“Eu estava muito fraca, tudo doía, eu já nem conseguia conversar ou escovar os dentes. Quando soube que teria um atendimento odontológico, com direito a laserterapia, eu me emocionei. Antes eu nem sabia que existia esse tipo de assistência. O atendimento aqui é de excelência”, pontua Adair Santos.

 

CUIDADOS – Para as pessoas que fazem quimioterapia ou radioterapia na Unidade de Oncologia do HRT, a equipe oferece uma preparação para receber o tratamento, prevenindo lesões e auxiliando na diminuição das dores. A equipe também realiza a laserterapia para minimizar os efeitos dos quimioterápicos, como os processos inflamatórios que ocorrem na mucosa, e que trazem muito desconforto.

 

“É preciso ter a visão do paciente como um todo, de forma integral. As pessoas chegam com dores e somos inseridos nesses cuidados, minimizando a dor e o sofrimento”, ressalta a dentista, Aline Mirian do Nascimento.

 

A assistência conta com o apoio de residentes do Programa de Residência Multiprofissional em Terapia Intensiva na área de Odontologia. Os futuros profissionais ganham conhecimento para a profissão e lições para a vida.

“O primeiro paciente que atendi estava com muita inflação. Com o laser tivemos muitos resultados. No cuidado paliativo é gratificante visualizarmos a pessoa aliviada com o tratamento que vem recebendo. Ao conseguir aliviar os sintomas eu me sinto realizada”, destaca a residente, Thais Oliveira.

 

Além de diagnosticar e tratar as alterações bucais, a equipe também orienta sobre o correto manejo dos cuidados bucais básicos diários para a equipe multiprofissional e promove a conscientização da saúde bucal para os pacientes, familiares e cuidadores.

 

Nivania Ramos, da Agência Saúde.

Fotos: Divulgação.