Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/01/14 às 20h11 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Oftalmologia do HMIB atende 30 crianças por dia

COMPARTILHAR

Especialista recomenda cuidados com a visão desde o nascimento

O oftalmologista Rodolfo Paulo, que está há sete anos na Secretaria de Saúde, atende crianças no Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB). São 30 pacientes em média diariamente e a grande parte é composta por recém-nascidos. Segundo o médico, as crianças devem ser assistidas por um oftalmologista desde o seu nascimento, mas não é isso o que ocorre, a procura pelo especialista acontece principalmente quando se inicia a idade escolar.
A falta de conhecimento gera dúvidas entre os pais e as mais freqüentes foram respondidas.

1 – Qual é o melhor momento para fazer a primeira visita ao oftalmologista? – Shirley Ferreira, Gama.
R: Logo ao nascer o bebê é submetido ao teste do olhinho. É um método simples, rápido e indolor. Uma fonte de luz sai do oftalmoscópio, onde é observado se há um reflexo de tons vermelho ou laranja nas pupilas. Caso a cor seja opaca, branca ou amarelada, significa que o recém-nascido possui alguma patologia.

2 – Caso o bebê apresente vermelhidão nos olhos é possível colocar o leite do peito para melhorar os sintomas? – Ana Rosa Morais, Valparaizo
R: Não deve ser usado leite, água boricada ou soro para lavar a região. A vermelhidão pode ser uma simples alergia ou infecções mais graves como a conjuntivite viral, por isso, procure o médico assim que perceber os sintomas.

3- Quando há secreção e olho do bebê fica grudando o que deve ser feito? – Mariana Martins, Planaltina de Goiás
R: A presença de secreção é normal em bebês porque o canal onde a lágrima é drenada é muito pequeno, contudo, se durante muitas semanas esse quadro persistir, pode haver um entupimento do canal. Tratamos com massagem na região, colírio ou cirurgia.

4 – Como eu trato o estrabismo do meu filho? Isso pode curar sozinho?
R: A primeira etapa é o diagnóstico com o teste do olhinho e uma análise mais detalhada no oftalmologista. O tratamento pode ser feito com o uso de óculos, tampão ou cirurgia.

5 – Meu filho foi diagnosticado com retinopatia. O que é essa doença e o que devo fazer? – Sheylla Santos, Samambaia
R: Os bebês prematuros possuem maior probabilidade de desenvolver a doença que é caracterizada pelo mau desenvolvimento da vascularização da retina e é uma das principais causas de cegueira infantil no mundo. Assim que nascem, os prematuros devem ser examinados e aqueles que necessitarem de tratamento são encaminhados para o HMIB para serem acompanhados pelo oftalmologista.

Por Ana Luiza Greca, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226